Av. Nossa Senhora de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ (21) 2545-2599

Cresce a procura por turismo perigoso

Cresce a procura por turismo perigoso

Para alguns viajantes o turismo perigoso vale muito mais do que andar por museus, comer em restaurantes famosos ou visitar os pontos turísticos tradicionais. Esses locais não estão na lista ou roteiro de lugares para conhecer ao viajar para um país desconhecido, portanto a Mar-Tha Rio vai te apresentar alguns dos passeios mais estranhos e perigosos do mundo, como vivenciar o tratamento dado aos prisioneiros do Exército Vermelho, na antiga União Soviética e pular de bungee jump em um rio infestado de crocodilos.

Turismo perigoso pelo mundo

BUNGEE JUMPING COM CROCODILOS (ZÂMBIA E ZIMBABUE) – Você ficará a poucos metros de águas infestadas de crocodilos após pular de um bungee jump no Rio Zambezi. O ponto de partida é na Victoria Bridge, perto da cachoeira Victoria Falls. Em 2012 a corda arrebentou quando uma australiana pulou mas ela conseguiu sobreviver.

ESTRADA DA MORTE (BOLÍVIA) – Turistas percorrem 70 quilômetros em uma das estradas mais perigosas e mortais do mundo, entre La Paz e Coroico, na Bolívia. Mesmo sabendo que cerca de 300 pessoas morrem por lá todos os anos, a vista é o grande atrativo. Todos os anos mais de 25 mil turistas passam por lá em carros, ônibus e bicicletas.

FUKUSHIMA (JAPÃO) – Desde o desastre que ocorreu em 2011 os turistas ganharam mais um tour no Japão. O governo da cidade de Fukushima realiza tours guiados com informações sobre o desastre na estação de energia nuclear. Segundo as autoridades japonesas o nível de radiação no local é baixa.

MINERAÇÃO COM DINAMITES (BOLÍVIA) – Carregar dinamites e rastejar por minas apertadas e escuras dá ao turista a sensação de vivenciar o trabalho dos mineiros da cidade de Potosí. A experiência faz com que as pessoas presenciem a instalação e detonação dos explosivos em uma grande explosão.

PRISÃO DO EXÉRCITO VERMELHO (LITUÂNIA) – Que tal se tornar prisioneiro do exército vermelho da antiga união soviética? Este tour mostra como eram tratados presos: interrogatórios, ameaçadas com cachorros entre outra atrocidades. Antes de passar 3 horas dentro deste ambiente, os visitantes assinam um termo salientando que poderão sofrer punições físicas ou psicológicas em caso de desobediência.

TORNADOS (ESTADOS UNIDOS) – Já pensou em correr na direção de um tornado? Ao invés de se proteger em uma situação como esta, os turistas ficam frente a frente com esse fenômeno natural. Os passeios são feitos com até 18 pessoas em um ônibus.

TRAVESSIA ILEGAL MÉXICO X ESTADOS UNIDOS (MÉXICO) – Cruzar a fronteira entre EUA e México de forma ilegal serve como um passeio para alguns turistas. Chamado de “La Caminata”, este tour faz com que turistas vivenciem a adrenalina de cruzar a fronteira de forma ilegal. Porém, todo o moviemtno dos turistas é monitorado pelos agentes de patrulha e oficiais de imigração.

ZONAS DE GUERRA – Vivenciar o dia a dia de quem mora em uma zona de conflito é uma forma de turismo em países como Iraque, Beirute, México e outros do continente africano. Os turistas aprendem e vivem tal experiência guiados por profissionais com treinamento militar.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos marcados como obrigatório *

5 × dois =