: Tbilisi
: Tbilisi 1,1 milhões
: Georgiano
: Lari

Sobre Geórgia

Geórgia

A Geórgia é um país da Europa Oriental. Confina a norte e a leste com a Rússia, a sul com a Turquia e a Arménia, a leste e a sul com o Azerbaijão, e a oeste com o mar Negro. Sua capital é Tbilisi, que também é sua maior cidade.

O país é uma república unitária, semipresidencial, com o governo eleito através de uma democracia representativa. É atualmente um membro do Conselho da Europa, da Organização de Cooperação Econômica do Mar Negro, da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), e do Eurocontrol.

Também aspira aderir à Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) e à União Europeia. O Reino da Geórgia atingiu o auge de sua força política e econômica durante o reinado de Davi IV e Tamara I, nos séculos XI e século XII. No início do século XIX, a Geórgia foi anexada pelo Império Russo. Depois de um breve período de independência, após a Revolução Russa de 1917, a Geórgia foi ocupada pela União Soviética em 1921, tornando-se a República Socialista Soviética Geórgia e parte da União Soviética.

Seu relevo se caracteriza por regiões muito montanhosas, abrigando a maior cordilheira do Cáucaso - que serve como limite de fronteira com a Rússia. Na parte norte, há vários pontos que ultrapassam os 4.000 metros de altitude, no que é conhecido como Grande Cáucaso.

A Geórgia possui uma cultura bastante peculiar, sendo o único Estado no mundo a ter a língua georgiana como oficial, a principal entre as kartvelianas. A maior parte da população é adepta do cristianismo ortodoxo. Possui duas regiões independentes de facto, a Abecásia e a Ossétia do Sul, que obtiveram reconhecimento internacional limitado após a Guerra Russo-Georgiana.