: GMT +4
: Mascate
: 2.845.198
: Rial

Sobre Omã

Omã

Omã, oficialmente Sultanato de Omã, é um país árabe na costa sudeste da Península Arábica.

Com uma posição de importância estratégica na foz do Golfo Pérsico, o país faz fronteira com os Emirados Árabes Unidos a noroeste, Arábia Saudita a oeste, e Iémen ao sul e sudoeste, e compartilha fronteiras marítimas com o Irão e Paquistão.

A costa é formada pelo Mar da Arábia, no sudeste, e pelo Golfo de Omã no nordeste.

Os enclaves de Madha e Musandam estão rodeados pelos Emirados Árabes em suas fronteiras terrestres, com o Estreito de Ormuz e o Golfo de Omã formando os limites costeiros de Musandam.

A partir do final do século XVII, o Sultanato foi um poderoso império, competindo com Portugal e Grã-Bretanha pela influência no Golfo Pérsico e no Oceano Índico.

Em seu auge, no século XIX, a influência e controle de Omã se estendia através do Estreito de Ormuz aos atuais Irã e Paquistão, e até o sul de Zanzibar (hoje parte da Tanzânia, também sua antiga capital).

Como o seu poder declinou no século XX, o sultanato ficou sob a influência do Reino Unido.

História

Historicamente, Mascate foi o principal porto comercial da região do Golfo Pérsico.

Mascate também esteve entre os portos comerciais mais importantes do Oceano Índico. A religião oficial é o Islã.

É uma monarquia absoluta. O Sultão Qaboos bin Said Al Said têm sido o líder hereditário do país desde 1970.

É o atual governante mais antigo no Oriente Médio, e o sétimo monarca cujo reinado é o mais longo do mundo.

Omã possui modestas reservas de petróleo, ficando em 25º a nível mundial.

No entanto, em 2010, o PNUD classificou Omã como a nação mais aprimorada no mundo em termos de desenvolvimento durante os últimos 40 anos.

Uma parcela significativa de sua economia vem do turismo e do comércio de peixes, e de certos produtos agrícolas.

Isso o diferencia de economias exclusivamente dependentes do petróleo, como seus vizinhos.

Omã é classificado como uma economia de alta renda e ocupa a posição 74º de países mais pacíficos do mundo, de acordo com o Índice Global da Paz.