Sobre Ouarzazate

Ouarzazate

Ouarzazate é uma cidade do sul de Marrocos, apelidada popularmente de "porta do deserto".

É capital da província homônima, a qual faz parte da região de Souss-Massa-Drâa.

Em 2004 tinha 53.489 habitantes e em 2012 estimava-se que tivesse 61.870 habitantes.

Ouarzazate situa-se nos contrafortes sul do Alto Atlas, na confluência dos vales dos uádis (uedes, rios) Uarzazate e Dadés, que formam o uádi Drá (Draa) a jusante da cidade. É o centro de uma vasta região do sul marroquino, de transição entre as montanhas do Atlas e o deserto do Saara.

Um dos grandes atrativos turísticos da cidade e da região envolvente os inúmeros casbás construídos em taipa, as montanhas e as planícies áridas, os vales e oásis verdejantes, os palmeirais e as aldeias de barro vermelho ou ocre.

Os símbolo da cidade é o casbá de Taurirte, o antigo palácio-fortaleza do paxá El Glaoui, construído em meados do século XVIII.

Ele aparece em notas marroquinas e situa-se junto à almedina.

Em 1928, a administração colonial francesa transformou Ouarzazate numa "cidade guarnição militar".

No plano militar, a cidade serviu de base de aérea contra a famosa tribo dos Aït Atta, que combateram violentamente contra as tropas de Henri de Bournazel ("o homem do manto vermelho", morto em Marrocos em 1933) até 1934, quando o líder rebelde Assou Oubasslam se rendeu aos franceses para evitar o massacre das populações entrincheiradas nas montanhas.