Av. Nossa Sra. de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ | (21) 2545-2599 | (21) 98420-3655 | | App:

Conheça as pontes perigosas que existem pelo mundo

Conheça as pontes perigosas que existem pelo mundo

Se você já ouviu falar em turismo de aventura, deve ter escutado algum história sobre pontes perigosas pelo mundo.

Além dos esportes radicais, alguns turistas procuram essas pontes para sentir a adrenalina.

Entre esses aventureiros, há aqueles dispostos a cruzar pontes perigosas dignas de desenhos animados, filmes de ação e jogos de video game.

Veja nesse artigo quais são as pontes mais assustadoras do mundo e comprove.

Pontes perigosas para tomar cuidado

14 – Titlis Cliff Walk (Suíça)

Construída em meio aos Alpes Suíços, uma das regiões mais altas da Europa, a passarela certamente não passa muita segurança.

Ainda assim, se você ficar bem no meio poderá curtir uma vista deslumbrante da região de montanhas nevadas.

13 – Parque Nacional Deosay (Paquistão) 

 

Por ser uma ponte relativamente larga e baixa, pode até parecer que não há muito o que temer nela.

No entanto, a coisa muda quando você percebe que a frágil estrutura de madeira serve de passagem para pesados veículos SUV.

12 – Ponte da rainha Mary (Alemanha) 

A pequena estrutura que conduz das montanhas ao castelo de Neuschwanstein certamente pode parecer bastante confiável e firme.

No entanto, basta seguir até a sua placa e lançar uma breve olhada para baixo para mudar de ideia rapidinho.

11 – Heavenly Langkawi Bridge (Malásia) 

Com suas estruturas de aço, piso largo e parapeitos elevados, pode até parecer que essa ponte só é perigosa por conta de sua altura.

No entanto, a altitude elevada é um perigo também pelas fortes rajadas de vento, que muitas vezes fecham a passarela.

10 – Ponte de raízes (Índia)

Por mais que seja formada pelos pedaços de raiz das árvores centenárias, é segura o bastante para aguentar o peso dos turistas.

Ainda assim, o ar macabro certamente parece obra de algum bruxo maligno da floresta.

9 – Região de Diamer (Paquistão)

Como se não bastasse o Paquistão ser o vencedor disparado de pontes perigosas, duas delas cruzam o mesmo rio, o Hunza.

A primeira, que você vê logo abaixo, parece ser a mais segura das duas, por mais frágil que aparente ser.

8 – Capilano Suspension Bridge (Canadá) 

Localizada em uma região histórica perto de Vancouver, a ponte fornece uma visão impressionante da floresta congelada.

7 – Ilha de Bornéu (Malásia)

A aparência rudimentar dessa ponte de bambu não poderia deixar mais claros os motivos que a tornam assustadora.

6 – Aldeia Ozolnieki (Letônia)

Pontes perigosas e frágeis de madeira certamente não são raras, mas é difícil encontrar uma que pareça tão malfeita.

A sensação que fica é a de que basta um pulo no meio para que ela se parta em vários pontos.

5 – Carrick-a-Rede (Irlanda do Norte)

Por mais que uma ponte de cordas certamente não soe nada reconfortante, a Carrick-a-Rede se mantém firme e forte.

Ainda assim, a visão da correnteza cheia de rochas logo abaixo certamente dá medo.

4 – Ponte Ghasa (Nepal)

A longa ponte de aparência precária é parte do trajeto cotidiano dos moradores das montanhas do Nepal.

Ainda assim, não é o passo calmo e vagaroso dos burros que os carregam que tornam o trajeto menos emocionante.

3 – Ponte Triftbrücke (Suíça)

Pendurada algumas centenas de metros acima do belo lago alpino Thrift, a ponte é famosa por sua confiabilidade e o pavor que causa .

Quando a densa névoa da região paira sobre o local então, a impressão que fica é a de uma verdadeira “passarela para lugar nenhum”.

Só falta uma placa com os dizeres “Bem-vindo a Silent Hill” para completar o quadro de terror.

2 – Ponte caseira (Albânia)

Por mais que a baixa altitude reduza o impacto, seus materiais de construção certamente não passam segurança alguma.

Seja ela feita de panos velhos ou de placas de ferro oxidadas, é difícil imaginar um motivo para querer utilizá-la.

1 – Região de Astor (Paquistão)

Como se ter o maior número de pontes perigosas nesta lista não fosse o bastante, o Paquistão também leva para casa o troféu da estrutura mais medonha de todas.

Também localizada sobre o rio Hunza, a passarela caindo aos pedaços parece digna de um filme de Indiana Jones.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos marcados como obrigatório *

5 − 3 =