Av. Nossa Senhora de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ (21) 2545-2599

Melhores lugares para viajar sozinho

Melhores lugares para viajar sozinho

Quem gosta de viajar sozinho sabe que estar só é a melhor forma de conhecer um país e o seu estilo de vida, cultura, língua e costumes diferentes. Você mesmo faz seus horários, seus roteiros e não hesita em mudar a direção do caminho caso seja necessário para ter novas experiências num lugar desconhecido. Caso você esteja acompanhado já fica mais difícil porque precisa saber se a outra pessoa está disposta, assim como uma viagem em grupo. Para este perfil de turista, que gosta de viajar sozinho pelo mundo, a Mar-Tha Rio listou 20 países que são ideais para você visitar sem acompanhante.

Melhores lugares para viajar sozinho

ALEMANHA – Este é um dos mais amigáveis países da Europa para se visitar sozinho! As opções de diversão são muitas: passear em Berlim, visitar as cafeterias, as galerias e as boates. Vale a pena conhecer outros lugares usando a imensa rede ferroviária do país, que te leva para a concentração artística de Düsseldorf, os jardins de cerveja de Munique e a cidade restaurada de Dresden.

ARGENTINA – Em Buenos Aires os viajantes solitários não se sentem tão só! Isto graças aos diversos salões de tango que recebem clientes a noite toda. Caso você queira fugir da capital argentina, poderá gostar do vinho da região de Mendoza, as paisagens de Salta e passeios a cavalo.

ÁUSTRIA – Viena oferece diversas opções para quem anda sozinho. Uma cidade pequena onde os visitantes encontram concertos, museus e cafeterias. Outra cidade bem interessante é Salzburg, um pouco menor, mas com sua ampla malha ferroviária fica mais fácil ir a outros países.

CANADÁ – Não se assuste com o tamanho deste país! Os solitários podem ir a Vancouver com suas montanhas, ótima culinária asiática, área verde no parque Stanley. Ou conhecer Montreal, que oferece várias cafeterias e bares com um toque francês. Se o viajante solitário preferir lugares menores, pode apostar em Halifax, uma cidade-universitária onde há prática de caiaque.

CHILE – Desertos e montanhas fazem parte da paisagem chilena, que conta com uma costa de perder de vista. O povo chileno tem como característica ser amigável e acolhedor.

COSTA RICA – Este é o país mais feliz do mundo e lugar para quem busca surfar ou fazer rafting nos rios Reventazón ou Pacuare. Será que este é um bom lugar para quem viaja sozinho?

FINLÂNDIA – A dica é conhecer o país durante os longos dias de verão, fazendo uma viagem para Helsinki, onde há lojas e museus variados, além de saunas espalhadas por toda a cidade e país. Aproveite as viagens de trem para conhecer lugares como Hanko, Lohja e Espoo.

HOLANDA – Aqui o turista nunca se sentirá sozinho! De bicicleta é possível cruzar cidades, assim como por canais fluviais. Os holandeses são os mais despojados da Europa e lá você pode optar por diversão pelas pequenas ruas de Amsterdã ou outros locais como Utrecht e Maastricht.

INDONÉSIA – Em Bali os turistas solitários encontrarão templos, ioga na praia, culinária por preço acessível, massagens, mochileiros, hedonistas e pessoas espirituais. Caso sua ideia seja conhecer uma área menos badalada de Bali, Lombok é uma ilha que te faz pensar que está na Indonésia dos anos 1970.

INGLATERRA – Passear pelos estúdios do “Harry Potter” é uma das opções para os turistas solitários que forem para a terra natal de Shakespeare. Além disso, vale a pena conferir a vida nas cidades York, Cambridge e Brighton.

IRLANDA – Hospedagem não será problema para turistas desacompanhados em Dublin. Seja em um pub em County Clare ou na Grafton Street, qualquer turista se sentirá em casa.

ISLÂNDIA – Apesar de ter um dos maiores impostos do mundo e extenso período de inverno, na capital Reykjavík turistas encontram excursões onde poderão nadar no Blue Lagoon ou fazer passeios à cavalo.

JAPÃO – Em Tóquio, no trem-bala, passando pelo Monte Fuji e chegando a Kioto, o turista encontra acomodações tradicionais do país a hotéis modernos, construídos para pessoas que viajam sozinhas: termas quentes, jardim zen e sushis.

LAOS – Sair com outros viajantes na capital, Vienciana, é um dos programas ideais para os turistas que viajam sozinhos. Antes cenário de guerra, como o Vietnã, o país tem como principais atrações um passeio de barco pelo rio Mekong e visita à cidade Real de Luang Prabang.

NORUEGA – A melhor opção para os viajantes solitários que visitam o país é navegar de barco pela costa até a cidade de Bergen, com trajeto que inclui passar por alguns fiordes e vários outros durante o caminho. Outra opção interessante de lazer é uma caminhada pelas montanhas, com acomodações entre hotéis e cabanas.

NOVA ZELÂNDIA – Agitação é o que não falta! Os viajantes solitários poderão conhecer o cenário de “O Senhor dos Anéis” com geleiras, florestas, os Alpes do Sul, bungee jumps, passeios em lanchas e escaladas na trilha Milford.

PANAMÁ – Para quem busca aventura, este é o lugar ideal. Muito comum a prática de rafting nos rios Chiriquí and Chiriquí Viejo assim como as tirolesas entre árvores tropicais. Aos poucos o surf cresce no país, especialmente em Bocas del Toro, onde há praia e vida noturna intensa.

SUÉCIA – Visitar Estocolmo sozinho é fácil já que a cidade é cercada por água e a prática de caiaque é comum. De bicicleta qualquer turista consegue visitar os parques da cidade, além de cafeterias a céu aberto, Museu de Arte Moderna e lojas. Para fugir da cidade, lagos e paredes de escalada são atividades facilmente encontradas e ainda conta com especialistas.

SUÍÇA – Os solitários não terão tempo para se sentirem sós neste país. Um par de botas para escalada e um “Swiss Rail Pass” (cartão para usar trem, barco ou ônibus) são o que você precisa para passar alguns dias em Zurique, visitar o Lago Léman, os bistrôs, os museus e a vida noturna.

VIETNÃ – Da guerra ao surf, este país é bem colorido e seguro de um modo geral. As opções para os solitários vão desde o mercado Ben Thanh, o Dong Xuan, passando por prática de tai chi com centenas de pessoas em Hoan Kiem, caminhada nas montanhas das Terras Altas e surf na ilha Phu Quoc.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos marcados como obrigatório *

13 + catorze =