(21) 2545-2599   |   (21) 98420-3655         

Leste Europeu: 5 destinos para visitar no verão

O verão é a época em que a Europa é mais procurada pelos turistas. Como os dias são mais longos durante o verão europeu, chegando a escurecer apenas às 21h, as viagens tornam-se mais proveitosas. Além disso, o clima quente é mais convidativo que os dias de temperaturas baixíssimas, que podem chegar a -30ºC durante o inverno em alguns países. No entanto, visitar para países mais badalados como Paris, Espanha, Itália e Grécia pode ser um desafio: tanto pelos preços mais elevados, quanto pela quantidade de turistas. Assim, o leste europeu torna-se uma opção interessante para fugir da Europa clássica e aproveitar as férias em grande estilo. Por isso, elencamos os 5 melhores destinos do leste da Europa para visitar nessa época do ano.

1. Croácia

Daqueles lugares que se deve visitar pelo menos uma vez na vida, a Croácia é um dos pólos do turismo mundial. Dentre as muitas qualidades do país, destacam-se as belezas naturais, especialmente as ilhas de água cristalina. São 1.185 ilhas no total que recebem mais de 800 de cruzeiros durante o verão europeu. Outro destaque são as construções históricas, que além da beleza e imponência, preservam a cultura do país.

Dubrovnik

Às margens do Mar Mediterrâneo, Dubrovnik é uma das principais cidades da Croácia e a que mais atrai os visitantes do país. Especialmente durante o verão, devido às belas praias de águas cristalinas em azul turquesa e verde esmeralda. Mas não os atrativos não param por aí. Dubrovnik é uma cidade milenar, rica em história e cultura.

Lá você também encontrará monumentos e regiões históricas como as Muralhas de Dubrovnik e seus túneis de observação. Esse complexo de defesa foi levantado na Idade Média e hoje é tombado como Patrimônio Mundial da Unesco.

dubrovnik-croácia
Dubrovnik é uma das principais cidades do Leste Europeu. (Foto: Spencer Davis/Unsplash)

Zagreb

Apesar de ser a capital do país, Zagreb muitas vezes é deixada de fora dos roteiros dos turistas. No entanto, é um erro achar que a cidade não tem nada a oferecer. Além das belas construções que remetem ao império austro-húngaro é entre Zagreb e o litoral que está o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice. Uma das mais belas áreas do leste europeu, o Parque Nacional dos Lagos é composto por 16 lagos que, juntos, formam o maior e mais antigo parque nacional da Croácia. Assim como a Cidade Murada, o Parque Nacional dos Lagos de Plitvice é Patrimônio Mundial da Unesco.

Também na capital, fica a Catedral de Zagreb, o edifício mais famoso e mais alto da Croácia, com torres que podem vistas de diversos pontos da cidade. Mas há muito mais para ver do que isso. A Catedral de Zagreb, que foi construída no século XI, também é um componente importante da história do país.

plitvice-lakes-croácia
Sem dúvida, uma dos cartões postais do país. (Foto: ohsoshy/Unsplash)

2. Hungria

Um dos países mais antigos do leste da Europa, a Hungria é um dos territórios mais visitados da região por turistas ávidos para conhecer Budapeste. Como o inverno húngaro costuma ser bastante severo, o verão é, sem dúvida, uma das melhores épocas para fazer a sua viagem ou excursão.

O pequeno país faz divisa com Eslováquia, Croácia, Eslovênia, Romênia, Áustria e Ucrânia. Assim, é perfeito para quem quiser prolongar a viagem por algum dos países vizinhos. Além disso, não há voos diretos do Brasil para a Hungria, o que torna ainda mais necessário incluir o país no roteiro de uma eurotrip. 

Budapeste

Conhecida como Pérola do Danúbio, a cidade de Budapeste por si só pode ser considerada um dos principais pontos turísticos do país. Capital da Hungria, a famosa cidade europeia arranca suspiros de visitantes do mundo inteiro com seu charme e beleza. Não por acaso, foi eleita o melhor destino turístico europeu de 2019. Dividida pelo Rio Danúbio, Budapeste é separada em duas áreas: Buda e Peste. Em Buda, estão os monumentos históricos, enquanto o lado de Peste é o mais agitado com restaurantes e hotéis.

Dentre os principais pontos turísticos de Budapeste destacam-se o Parlamento Húngaro, o Castelo de Buda, o Museu da História de Budapeste e a Ponte das Correntes. Também vale a pena visitar as charmosas Termas Gellért para um banho relaxante em águas quentes, e ficar atento às diversas igrejas de arquitetura gótica e estátuas peculiares espalhadas pela cidade.

palácio-do-parlamento-budapeste-leste-europeu
Vista noturna do Palácio do Parlamento, em Budapeste. (Foto: Jason Blackeye/Unsplash)

3. República Tcheca

A porta de entrada para o leste europeu, a República Tcheca é um dos países mais belos da região e, aos poucos, está sendo descoberta pelos turistas. Pelas cidades do país você encontrará arquitetura renascentista, monumentos góticos e barrocos e até um balneário de água termal.

Praga

Considerada uma das cidades mais bonitas do mundo, Praga recebe cerca de 7 milhões de turistas por ano e é um dos destinos mais visitados do velho continente. Elegante e com ar levemente sombrio devidos as enormes torres góticas, a cidade é repleta de monumentos históricos como Jewish Museum e o Museu Nacional de Praga, construído em 1880. No entanto, seus pontos turísticos mais famosos são a Ponte Carlos (Karlův Most), a ponte mais antiga de Praga e uma das pontes mais famosas do mundo, e o Castelo de Praga, dado como o maior castelo do mundo.

praga-leste-europeu
A Ponte Carlos, em Praga. Inegavelmente, uma das mais belas cidades da Europa. (Foto: Rodrigo Ardilha/Unsplash)

Leia mais:

Cesky Krumlov

Apesar de ter sido fundada no século 13, a cidade Cesky Krumlov permanece bem conservada e é um dos destinos mais interessantes de praga. A apenas 172 km de Praga, a cidade é marcada pela forte influência renascentista na sua arquitetura. Por este motivo, foi tombada como Patrimônio Mundial da Unesco em 1992. Seus principais pontos turísticos são o Castelo Cesky Krumlov, o segundo maior da República Tcheca e um dos maiores da Europa, e o rio Vltava, famoso por cortar a cidade com seu formato de S. Durante o verão europeu, o rio é uma das principais atrações de Cesky Krumlov, uma vez que é possível fazer passeios de barco,  rafting e até canoagem.

cesky-krumlov
Cesky Krumlov é uma ótima opção de destino para visitar no verão europeu. (Foto: Vlad Kiselov/Unsplash)

4. Áustria

Ainda que seja conhecida pela estações de esqui e os alpes nevados, a Áustria também é um ótimo país do leste da Europa para vistar no verão. Essa charmosa e pequena nação fica entre a Itália, a Suíça, a Alemanha e Hungria e, assim como seus vizinhos húngaros, é cortada pelo rio Danúbio. Entre as diversas qualidades do país, destacam-se a segurança, a qualidade de vida e a organização. Além disso, assim como grande partes dos países europeus, a Áustria é dona de uma cultura rica e não faltam atrações históricas explorar nas suas cidades. Conheça as principais:

Viena

Uma dos destinos mais deslumbrantes do leste europeu e uma das cidades mais elegantes da Europa, essa é Viena. A capital austríaca é famosa pelos seus palácios imponentes e belas construções, que refletem o passado da cidade, antiga capital do império austro-húngaro. Outro título que Viena carrega é o de Capital da Música, devido aos grandes compositores que passaram parte da sua vida por ali, como Mozart e Strauss.  Durante o verão, a cidade recebe animados festivais de música e dança ao ar livre, além de concertos de Ópera e Jazz. Inclusive, a Ópera Estatal de Viena é uma das casas mais famosas do mundo e um dos principais pontos de interesse da cidade. Também vale a pena conhecer o Palácio Belvedere, o Freud Museum e a Catedral gótica de Stephansdon.

Belverdere-Viena-Leste-Europeu
O grande Palácio Belvedere, em Viena. (Foto: Leyy M/Unsplash)

Salzburg

Pense em uma cidade especial. Essa é Salzburg, cidade natal de Mozart, um dos maiores compositores clássicos da história. Por esse motivo, dois dos principais pontos turísticos da cidade são relacionados ao músico. Em primeiro lugar aparece a casa de Mozart, seguida da Catedral de Salzburg, onde ele foi batizado. Saindo da rota de Mozart, o Palácio e os Jardins de Mirabell são os maiores cartões-postais da cidade. Além disso, Salzburg foi cenário do filme A Noviça Rebelde e, no verão, sedia um famoso festival de música clássica, o Festung Hohensalburg. Definitivamente, não vão faltar histórias e atrações para explorar em Salzburg.

jardins-de-mirabell-áustria
O Palácio e os Jardins de Mirabell para um tarde agradável de verão. (Foto: Divulgação/Tourismus Salzburg)

5. Romênia

Daqueles destinos que raramente passam pela cabeça dos turistas, mas que definitivamente valem visitar. Essa é a Romênia, um país peculiar que reserva atrações interessantíssimas para quem se permitir sair do óbvio. Só para exemplificar, é lá que estão localizados o Castelo do Drácula e a famosa Transilvânia. 

Outro fato interessante sobre a Romênia é que este um país grande, se comparado com os demais países do leste europeu. Portanto, serão necessários no mínimo uns três dias por lá para aproveitar de fato a viagem. Além disso, devido a baixa procura a Romênia se destaca como um dos países europeus mais baratos para visitar. E também um dos mais tranquilos, com pouca aglomeração de turistas.

Bran/Transilvânia

Diferentemente das demais cidades citadas até agora, Bran não é uma grande cidade cheia de atrações. Pelo contrário, Bran é uma comuna romena localizada em Brasov, na região da Transilvânia. No entanto, a uma atração bem peculiar atrai os turistas para esse lado da cidade: o Castelo de Bran. Popularmente chamado de Castelo do Drácula, o Castelo de Bran pertenceu ao príncipe Vlad Tepes, um torturador famoso do século XV. Tepes também era conhecido como Vlad Dracul e foi fonte de inspiração para o escritor Bram Stoker. Por isso, o castelo se tornou uma das principais atrações turísticas da Romênia.

Sinaia e o Castelo de Peles

Localizado na pequena cidade de Sinaia, o Castelo de Peles é uma das principais atrações turísticas da Romênia. Apesar de pequeno (se comparado a outros castelos famosos do continente), ele não decepciona. Inclusive, foi eleito um dos castelos mais belos da Europa e ainda serviu de cenário para o filme “O príncipe do Natal: o casamento real”, da Netflix.

castelo-de-peles-romênia
Similarmente ao Castelo de Bran, o Castelo de Peles é a principal atração da cidade de Sinaia. (Foto: Nomadic Julien/Unsplash)

Bucareste

Capital da Romênia, Bucareste não poderia ficar de fora da lista. Primeiramente, a característica que mais chama a atenção é o contraste com as demais cidades citadas. Não espere casinhas e castelos medievais em Bucareste. Por lá, você encontrará diversos monumentos, cafés e parques. Em segundo lugar, vem o Parlamento Romeno. Esse ponto turístico é um dos destaques da cidade e do país pela sua grandiosidade: o Parlamente Romeno é o maior palácio do mundo com 350.000m².

Palácio-do-Parlamento-Bucareste
O imponente Palácio do Parlamento Romeno, em Bucareste. (Foto: Arvid Olson/Pixabay)

Leste Europeu: como planejar a sua viagem

Assim como no caso da Hungria, não há voos diretos para a maioria dos países do leste europeu. Por isso, ao planejar a sua viagem para qualquer um destes destinos é importante ter em mente que será necessário fazer uma ou mais conexões. Dessa forma, você pode tentar otimizar a sua viagem e torná-la menos cansativa fazendo uma eurotrip. Ou seja, incluindo mais de um país no planejamento do seu roteiro.

Como várias companhias aéreas fazem conexões em cidades como Londres, Madrid e Lisboa, você pode voar para uma dessas cidades e curtir alguns dias antes de partir para o leste. Além disso, como diversos países do leste da Europa não são muito grandes e ficam muito próximos uns dos outros, em um roteiro de quinze a vinte dias é possível visitar dois ou mais em uma mesma viagem.

No entanto, encontrar as melhores opções de roteiros, voos, hotéis e destinos para uma viagem desse porte por conta própria, pode ser desafiador. Por isso, não uma das melhores formas de se planejar  é contratando uma agência de viagens, como a Mar-Tha Rio. Com profissionais experientes e especializadas em montar roteiros personalizados, você terá o suporte necessário para fazer a viagem dos seus sonhos com conforto e segurança. Por isso, se você está planejando visitar a Europa ou qualquer outro destino em breve, entre em contato com uma de nossas consultoras e  conheça os nossos serviços.

Para mais dicas de destinos, acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais! 

 Mar-Tha Rio no Facebook

 Mar-Tha rio no Instagram

     
Share via
Copy link
Powered by Social Snap