Av. Nossa Sra. de Copacabana, 928 / Gr. 602, Rio de Janeiro - RJ | (21) 2545-2599 | | App:

Morar no exterior vale a pena? Veja dicas de imóveis nos EUA

Morar no exterior vale a pena? Veja dicas de imóveis nos EUA

O cenário enfraquecido da economia brasileira tem feito muitos brasileiros pensarem seriamente em morar no exterior.

Nos EUA, por exemplo, a procura por imóveis é feita também por turistas que querem ter um endereço fixo, sem gastar nas hospedagens americanas.

Aliás, os EUA parece ser o destino preferido dos brasileiros que querem – e podem – deixar o Brasil para morar no exterior.

Por isso, esse artigo traz algumas dicas para você que pretende construir uma nova vida na terra do Tio Sam.

Veja nossos pacotes para os EUA.

Morar no exterior: dicas para EUA

Preço

Comprar imóvel nos EUA e morar no exterior em um condomínio com 3 quartos, churrasqueira e piscina, custa em média US$ 280 mil.

Incluindo os gastos com serviços para regularizar a documentação.

Se comparar com os preços dos imóveis no Brasil, com as mesmas condições, dificilmente o valor será o mesmo.

Isso porque os impostos e a burocracia em nosso país deixa tudo mais difícil e, claro, mais caro.

Aluguel

Um grande negócio para quem não quer morar no exterior e sim ficar alguns meses no imóvel é aluga-lo durante o resto do ano.

Assim, é possível cobrir os gastos de manutenção da casa e inda guardar um bom dinheiro para gastar nas férias.

Burocracia

Depois que você decidiu comprar um imóvel para morar no exterior ou apenas passar as férias, existem vantagens e desvantagens ao colocar o imóvel em nome de pessoa física ou jurídica.

Usar nome de uma pessoa física como proprietário do imóvel torna o processo de compra menos burocrático, mas é cobrado o Imposto de Sucessão, uma taxa que pode atingir 40% do valor do imóvel.

Se a propriedade estiver em nome de uma pessoa jurídica atribui menos impostos, mas não é indicada para quem pretende fazer financiamento.

Corretores

Diferente do Brasil, nos EUA os corretores de cada Estado americano podem negociar qualquer imóvel da região desde que estejam licenciados para isso.

Isso facilita muito a busca por imóveis sem precisar fazer contato com muitas corretoras para encontrar o que você quer.

Pagamento

Se a sua ideia é financiar o imóvel fique tranquilo porque a taxa de juros americana é muito inferior a que é praticada aqui no Brasil.

Enquanto aqui a taxa anual de juros sobre o imóvel é próxima de 10%, nos EUA não passa dos 3,5%.

Conta corrente

Ter uma conta corrente é extremamente necessário para quem quer morar no exterior ou ser o proprietário de um imóvel.

Nos EUA a conta corrente também é conhecida como Checking Account, que é fácil obter mesmo sendo um brasileiro.

Na maior parte dos bancos americanos você consegue abrir sua conta apresentando passaporte, outro documento com foto e um comprovante de endereço da sua casa no Brasil.

O processo também é simples até sua conta ser aberta oficialmente. Além dos documentos, você terá que responder algumas perguntas que o “banker” tem para te fazer.

O que precisa para abrir a conta corrente americana?

  • Depósito inicial de $50
  • Tarifa mensal de $10 (contas com saldo médio de $1500 por mês não pagam)
  • Internet Banking, Aplicativo Móvel, ATMs
  • Cartão de Débito
  • Poupança com rendimento anual (Saving Account)
  • A Savings Account é gratuita se você tiver pelo menos $300 em saldo

Em média uma pessoa que abre uma conta em um banco americano, seguindo todos esses quesitos, leva cerca de 30 minutos para sair de lá com talões de cheques, de depósitos e um cartão temporário para movimentar a conta.

Depois de aproximadamente 15 dias você receberá no seu endereço brasileiro o cartão definitivo da sua conta.

A principal dica que a Mar-Tha Rio pode dar para quem quer morar no exterior é: procure com calma o seu imóvel e evite surpresas! Faça valer o seu investimento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos marcados como obrigatório *

6 + dezenove =