Arquivo por Categoria "Estados Unidos"

planejamento-viagem

Como planejar uma viagem de férias

Se você está buscando dicas práticas sobre como planejar uma viagem de férias, você está no lugar certo! Seja uma viagem nacional ou uma viagem internacional para a Europa, Estados Unidos ou qualquer outro lugar do mundo, planejar uma viagem de férias não precisa se tornar uma fonte de ansiedade constante e sobrecarga. Neste artigo, preparamos 15 dicas bem simples que te ajudarão a não cometer o mesmo erro cometido por viajantes desavisados, bem como a evitar confusões de última hora. Antes de qualquer coisa, procure uma agência de viagens de sua confiança, que conte com profissionais aptos a lhe passar as melhores dicas sobre a melhor época, o melhor voo, os hotéis com o melhor custo-benefício e etc.

A Mar-Tha Rio é a agência de viagens mais premiada do Rio de Janeiro, com pacotes exclusivos e cruzeiros para qualquer perfil de viajante. Proporcionamos experiências fascinantes, levando turistas todos os anos para viagens exóticas, destinos tradicionais, capitais mundiais, parques aquáticos, museus históricos e os principais pontos turísticos que existem no mundo. Se você quer confiança para viajar e uma equipe treinada para oferecer todo o suporte que você precisar, 24 horas por dia, 7 dias por semana, fale com uma de nossas consultoras agora mesmo.

Antes de conferir nossas dicas sobre como planejar uma viagem de férias, baixe aqui nosso checklist de viagem. Ele irá ajudá-lo a não esquecer nenhum item essencial na hora de arrumar as malas para viajar.

Como planejar uma viagem de férias

planejamento
Ao decidir viajar, ter um bom planejamento pode fazer toda a diferença

Muitas pessoas acham que fazendo reserva direto pela internet vão conseguir maiores vantagens. Sem dúvida, este é o maior erro cometido por viajantes inexperientes. Usar o serviço de um profissional fará com que você evite despesas extras, principalmente por conta de pequenos erros que cometemos ao fazer uma reserva online. Leve o que você encontrar na internet ao seu agente de viagens e veja se ele tem algo melhor para lhe oferecer.

É importante saber como planejar uma viagem de férias com uma certa antecedência. Desta forma, você conseguirá melhores preços, melhores acomodações e melhores voos. Sem dúvida, quanto antes você se organizar, maiores serão as vantagens. Inclusive, em casos de viagens em grupo, é preciso garantir sua reserva para não ter o dissabor de encontrar o tour lotado. Agora, vamos às dicas:

1) Acessórios

Você certamente irá querer registrar vários momentos de sua viagem. Por isso, não esqueça de levar sua câmera, assim como carregadores, cartões de memória e adaptadores de tomadas. Além disso, é conveniente levar sempre seu próprio adaptador, pois normalmente nos hotéis existem poucos e você pode acabar não conseguindo arrumar um de última hora.

2) Bagagem

Escolha uma mala de preferência com quatro rodas, o que irá facilitar bastante sua locomoção. Prefira também as mais leves e duras, pois acomodam melhor os seus objetos de uso pessoal. A maioria das companhias aéreas nos trechos internacionais permitem duas malas de 32 quilos por pessoa. Porém, dependendo do trecho ou da companhia aérea, o limite pode ser de apenas uma mala com 20 quilos por pessoa. Procure se informar para não ter que pagar excesso de peso. Leve sempre uma pequena bagagem de mão com uma muda de roupa, escova de dentes e principais medicamentos de uso diário para previnir algum contratempo.

Dica: dependendo do seu destino, leve uma mala mais antiga e troque por uma outra mais moderna por um excelente preço!

3) Celular

Quando você for viajar para fora o país, tenha o cuidado de consultar sua operadora, pois através de parceiros locais, elas podem disponibilizar o serviço de roaming internacional. É preciso contratar este serviço antes de sua viagem e as taxas variam de acordo com a operadora do seu celular.

4) Dinheiro

Dinheiro trocado é bom para os gastos iniciais e também para despesas menores. O cartão de crédito vai lhe custar o pagamento de IOF, assim como os cartões de débito “pré-pago”, os quais podem ser adquiridos em diferentes moedas.

5) Documentos de viagem

Antes de seguir para o aeroporto, verifique se está de posse de toda a documentação necessária, como por exemplo passagem, passaporte (ou identidade para voos internos no Brasil), voucher de hotel e etc. Leve também uma cópia dos seus documentos, tais como passaporte, vistos, vacina e passagem aérea, para usar em caso de necessidade. Para os países do Mercosul é facultado ao brasileiro o uso de carteira de identidade. Entretanto, o documento precisa estar em perfeito estado e com menos de dez anos de emissão.

LEIA MAIS:

Entenda tudo sobre gorjetas no exterior

Dicas para viajar com animais e não ter problemas

Hotéis exóticos pelo mundo

Regras sobre a validade dos passaportes brasileiros

6) Hotel

O que é mais importante: conforto ou localização? A partir do momento em que você atinge o seu conforto pessoal, a localização passa a ser o mais importante. Sem dúvida, é melhor estar em um hotel mais simples em uma boa localização, do que em um hotel de luxo em um lugar de difícil acesso. Você só irá gastar mais dinheiro em sua locomoção.

7) Identificação e extravio de bagagens

Identifique sempre a sua bagagem com etiquetas com nome, endereço e telefones legíveis. Algumas pessoas usam até mesmo fitas coloridas para facilitar a identificação. Não se esqueça de trancar a sua mala, pois esta é uma boa maneira de ajudar a proteger a sua bagagem. Caso se esqueça, você poderá pedir para a companhia aérea colocar um lacre no balcão do check-in. Em caso de extravio de bagagem, o mesmo deverá ser comunicado imediatamente à empresa ainda na área de desembarque. A companhia aérea vai lhe dar um comprovante de atendimento, que é a sua garantia.

8) Internet

Dependendo do local para onde você for, é possível utilizar a internet sem custo, via Wi-Fi. Hoje em dia a maioria dos lugares, como por exemplo restaurantes, shoppings e hotéis possuem este serviço, e para usá-lo, basta solicitar a senha de acesso.

9) Passaporte

Não deixe para a última hora! Quando for comprar sua viagem, procure providenciar também o passaporte ou, se for o caso, renová-lo. Hoje, para a Europa, a validade mínima do passaporte é de três meses. Para a maioria dos lugares,validade mínima é de seis meses. Além disso, para cruzeiros marítimos, por exemplo, o embarque só é permitido com passaportes válidos até seis meses da data de embarque.

10) Remédios

Os de uso contínuo (é bom levar junto a receita médica), o seu colírio, acessórios para lentes de contato, analgésico, antialérgico, digestivo, repelente (caso o destino recomende), filtro solar, um boné e também protetor labial. Em muitos países, medicamentos que adquirimos no Brasil sem receita não são comercializados sem o pedido médico.

11) Telefone

Um outro erro cometido por viajantes é usar o serviço telefônico do hotel onde está hospedado. As taxas costumam ser abusivas. Então, evite usar o telefone do quarto do seu hotel, principalmente para chamadas para o Brasil. Se precisar fazer uma ligação, prefira um cartão pré-pago, que pode ser adquirido em multinacionais de telecomunicação em todo o mundo, normalmente nos aeroportos. Ou então, utilize aplicativos no seu celular que permitam ligações através da internet, como por exemplo WhatsApp, Skype, Messenger, e muitos outros do tipo.

12) Vacinas

Alguns países exigem o certificado de vacina, como por exemplo a de febre amarela. A mesma pode ser tomada em qualquer posto de saúde. Depois, guarde o certificado de vacinação, pois ele será o seu comprovante para solicitar o Certificado Internacional de Vacinação. Inclusive, a vacina contra febre amarela precisa ser tomada até no máximo dez dias antes da viagem. Sua validade é de dez anos. Para mais informações, acesse o site oficial da ANVISA (link).

13) Vestuário

O ideal são sapatos bem confortáveis, nada de sapato novo, e roupas práticas e leves. No verão, leve sempre um casaco mais leve para não ter surpresas. Nunca se sabe! Por outro lado, no inverno, leve roupas térmicas que são leves e se adequam à temperatura local. Se estiver muito frio, leve também um bom casaco e coloque por cima de outras roupas. Não se esqueça que a maioria dos lugares fechados contam com calefação.

14) Viajando com menores

Se for viajar com menores de idade para o exterior, será necessário apresentar, além do passaporte, a carteira de identidade ou certidão de nascimento do menor, já que os passaportes mais novos não trazem filiação. Menores desacompanhados ou acompanhados de parentes necessitam da autorização do juizado de menores com a assinatura dos pais reconhecida em cartório.

15) Vistos

Dependendo do destino, o visto de entrada pode demorar até um mês para ser emitido. Então, é importante ficar muito atento aos prazos. Entretanto, existem empresas de confiança que realizam este tipo de serviço. Procure se informar com o seu agente de viagens.

Como planejar uma viagem de férias
O melhor momento para começar a planejar uma viagem é agora

Agora que você já está por dentro de nossas dicas sobre como planejar uma viagem de férias, você certamente se sentirá mais relaxado e poderá aproveitar sua viagem da melhor forma possível: do seu jeito. Planeje sua viagem e faça acontecer!

Quais são as suas dicas infalíveis sobre como planejar uma viagem de férias? Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais e deixe seu comentário!

Mar-Tha Rio no Facebook

Mar-Tha rio no Instagram

Não deixe de baixar nosso checklist de viagem. Ele irá ajudá-lo a não esquecer nenhum item essencial na hora de arrumar as malas para viajar.

Tagged
Leia mais
topo-pontes

Pontes famosas pelo mundo

Existem inúmeras pontes famosas pelo mundo, que nos encantam tanto pela beleza e imponência, quanto pela história por trás delas. Das mais modernas, como a Golden Gate, em São Francisco, às mais antigas, como as de Veneza e Florença, pontes sempre foram vistas como maravilhas icônicas da arquitetura. Embora suas funções sejam claras e simples, muitas delas são consideradas verdadeiros pontos turísticos. E o melhor: são atrações gratuitas!

Grande parte destas estruturas conseguem se destacar em diversos aspectos, que as distinguem dentre milhares de outras pontes em funcionamento por todo o mundo. Estes aspectos podem ser por conta do tamanho, apelo visual, uso de novas técnicas e materiais, bem como por sua importância histórica e cultural.

Neste artigo, montamos uma lista com 10 pontes famosas pelo mundo, além de uma ponte bônus. Certamente você irá querer incluir ao menos uma delas no roteiro da sua próxima viagem. Confira.

1. Brooklyn Bridge: Nova York, Estados Unidos

ponte1

Inaugurada em 1883, a Brooklyn Bridge conecta Manhattan ao Brooklyn, cruzando o East River. Na época de sua inauguração, a Brooklyn Bridge foi a ponte suspensa mais longa do mundo, transformando-a em um dos pontos turísticos mais icônicos de Nova York, Estados Unidos. A Brooklyn Bridge se destaca por suas duas torres colossais de calcário, granito e cimento, além de uma uma intrincada rede de cabos e fios de aço. A Manhattan Bridge, que fica bem próxima à Brooklyn Bridge, foi construída alguns anos mais tarde, em 1909. Estando na Manhattan Bridge, você conseguirá ter uma visão espetacular da Brooklyn Bridge.

Ao longo do dia, milhares de turistas cruzam a ponte do Brooklyn a pé, enquanto tiram fotos dos arranha-céus e do horizonte espetacular de Manhattan. De acordo com pesquisas, cerca de 4 mil pedestres passam pela Brooklyn Bridge diariamente. A ponte conta com um amplo acesso a pedestres e ciclistas e, inclusive, se torna imprescindível quando os meios usuais para cruzar o rio ficam indisponíveis.

Um dos roteiros preferidos entre os turistas é cruzar a ponte e fechar o passeio na área do Brooklyn conhecida como DUMBO, abreviação para “Down Under Manhattan Bridge Overpass”. Trata-se de um dos pontos mais fotografados na região – uma área totalmente restaurada que tem atraído muitos visitantes, já que é repleta de ótimos bares, restaurantes e lojas. Além disso, oferece vistas privilegiadas do East River e suas pontes, bem como da cidade de Nova York, especialmente durante o pôr do sol. Neste local, é possível tirar a foto mais tradicional de Nova York, com a Manhattan Bridge como plano de fundo no final de uma rua.

2. Tower Bridge: Londres, Inglaterra

ponte2

Inaugurada em 1894 acima do rio Tâmisa, a Tower Bridge se tornou uma das estruturas mais icônicas de Londres, Inglaterra, bem como um dos monumentos mais visitados em toda a Europa. A ponte, que possui 244 metros de comprimento, fica ao lado da também famosa London Bridge.

A Tower Bridge é ornamentada com duas belas torres, que chegam a 65 metros de altura, e são unidas na parte superior através de dois corredores paralelos. O principal fator que motivou a construção da ponte foi aliviar o congestionamento da cidade. Isso porque a London Bridge apenas já não era suficiente para a Londres do século 19, que já naquela época observava um enorme tráfego de automóveis e pedestres.

Entretanto, o projeto gerou uma grande apreensão na cidade, já que a ponte não poderia atrapalhar o fluxo constante de embarcações pelo Rio Tâmisa. Por este motivo, a Tower Bridge conta com duas passarelas móveis em sua parte inferior, que podem permanecer suspensas para que as embarcações maiores possam seguir o fluxo do rio sem nenhum obstáculo.

3. Sydney Harbour Bridge: Sydney, Austrália

ponte-3

A icônica Sydney Harbour Bridge é, sem dúvida, um dos pontos turísticos mais conhecidos e mais fotografados de Sydney, bem como de toda a Austrália. Trata-se da ponte de arcos em aço mais larga (mas não a mais longa) do mundo. A ponte levou 8 anos para ser construída por completo, sendo inaugurada em 1932. Por conta de seu formato arqueado, a Sydney Harbour Bridge foi apelidada carinhosamente pelos locais como “The Coathanger” (o cabide, em inglês).

Desde sua inauguração até os dias de hoje, a Sydney Harbour Bridge tem conseguido atrair a atenção de milhões de turistas que visitam a cidade. Juntamente com a também icônica Opera House, este monumento se tornou um dos símbolos arquitetônicos mais reconhecíveis de toda a Oceania. Os principais eventos da cidade acontecem na área onde a Harbour Bridge está localizada.

Inclusive, durante as celebrações de Ano Novo, a tradicional queima de fogos na Baía de Sydney costuma reunir milhares de pessoas, com a Harbour Bridge sendo o grande destaque da noite. Isto porque grande parte dos fogos são lançados diretamente da ponte, iluminando o céu australiano com um verdadeiro espetáculo de luzes e cores.

4. Ponte di Rialto: Veneza, Itália

ponte-4

A Ponte di Rialto é a mais antiga dentre as quatro pontes que cruzam o Grande Canal de Veneza. No entanto, no passado, esta ponte era o único meio de travessia sobre o canal. Sua importância se dá, principalmente, por conectar o centro da cidade e o famoso Mercato di Rialto. O local é conhecido por oferecer uma grande variedade de queijos, peixes e frutos do mar frescos há séculos.

A construção da exuberante ponte de pedra que vemos hoje em Veneza, na Itália, foi concluída no ano de 1591. A ponte anterior, que inclusive era de madeira, havia sido derrubada em 1524. Diversos projetos, vindos de arquitetos renomados na época, foram oferecidos para a construção da nova ponte. Até mesmo Michelangelo ofereceu uma proposta, mas seu projeto com enfoque no estilo clássico foi considerado inadequado para a obra. Por fim, o arquiteto escolhido foi Antonio da Ponte, que apresentou uma proposta não-romanesca bastante controversa.

A engenharia da Ponte di Rialto foi considerada tão audaciosa para a época que alguns arquitetos previram um futuro desmoronamento da ponte. Entretanto, a ponte desafiou seus críticos, tornando-se um dos principais ícones da arquitetura veneziana até os dias atuais.

5. Ponte Carlos: Praga, República Tcheca

ponte-5

A Charles Bridge, ou Ponte Carlos, é uma famosa ponte de pedra que cruza o rio Vltava na cidade de Praga, República Tcheca. Ao longo de sua alameda, a Ponte Carlos é ornamentada com 16 arcos e 30 estátuas de santos, esculpidas no estilo Barroco. Dentre estas 30 estátuas, sem dúvida a mais famosa é a de São João Nepomuceno, a qual dizem que fornece boa sorte àqueles que a tocam.

A ponte, que é uma das obras mais impressionantes já feitas no estilo Gótico, começou a ser construída em 1357, sob patrocínio do rei Carlos IV. Entretanto, a obra levou cerca de 45 anos, e a inauguração da ponte ocorreu somente no início do século XV.

Nesta época, como era o único meio de cruzar o rio Vltava, a Ponte Carlos era a conexão mais importante entre a Cidade Antiga (Old Town) e a área ao redor do Castelo de Praga. Esta conexão fez Praga se tornar uma rota crucial entre a Europa Oriental e a Ocidental. Hoje, a Ponte Carlos é um dos pontos turísticos mais visitados de Praga. Inclusive, o centro da cidade não seria o mesmo sem a imponente presença deste belíssimo monumento medieval.

LEIA MAIS:

Entenda tudo sobre gorjetas no exterior

Dicas para viajar com animais e não ter problemas

Curiosidades sobre a culinária italiana

Regras sobre a validade dos passaportes brasileiros

Hotéis exóticos pelo mundo

6. Ponte das Correntes: Budapeste, Hungria

ponte-6

A Ponte das Correntes é um dos principais pontos turísticos de Budapeste, na Hungria. Seu nome oficial é Ponte Széchenyi, uma homenagem ao principal apoiador de sua construção, o Conde István Széchenyi. Antes da ponte existir, a única forma de atravessar o rio Danúbio era de barco. Sua inauguração ocorreu em 1849, após 20 anos de obras.

Considerada uma das maravilhas da engenharia moderna, a Ponte das Correntes tornou-se um símbolo de progresso para a Hungria, ligando duas cidades até então separadas pelo Danúbio: Buda e Peste. Além disso, proporcionou um grande avanço na economia do país, bem como na cultura do povo húngaro. Lamentavelmente, durante a Segunda Guerra Mundial, a Ponte das Correntes quase sofreu uma destruição total, assim como todas as outras pontes da cidade. Entretanto, as torres da Ponte das Correntes não foram potencialmente abaladas, o que permitiu sua total reconstrução em 1949.

De cima da ponte é possível ter uma visão panorâmica da cidade, em especial do prédio do Parlamento, que fica no lado de Peste. Já do outro lado da cidade, em Buda, a construção que se destaca de cima da ponte é o magnífico Castelo de Buda, principalmente à noite, quando fica encantadoramente iluminado.

7. Ponte Vecchio: Florença, Itália

ponte-7

A vista pitoresca do centro da cidade de Florença, na Itália, é realçada pela presença de uma de suas mais prestigiadas estruturas – a Ponte Vecchio. A ponte cruza o rio Arno e liga o centro da cidade ao distrito de Oltrarno.

Mesmo tendo sido construída há séculos atrás, esta obra-prima da engenharia medieval continua sendo um dos melhores exemplos do que significou a Renascença Européia, especialmente nesta região da Toscana. Sua construção foi concluída em 1345 e, ao longo de todos este anos, a ponte passou por inúmeras reformas.

Na época de sua construção, o governo de Florença alugava 46 lojas ao longo da ponte para comerciantes de produtos variados, com o propósito de recuperar o dinheiro gasto na obra. Contudo, após o ano de 1442, todas as lojas foram vendidas para açougueiros locais, que alteraram significativamente a aparência da ponte. Nos dias de hoje, você ainda encontrará um comércio movimentado ao longo da ponte, repleto de ourivesarias e joalherias, bem como algumas lojas de souvenirs.

8. Golden Gate Bridge: São Francisco, Estados Unidos

ponte-8

A Ponte Golden Gate, localizada na cidade de São Francisco, Estados Unidos, é uma das maiores referências mundiais do estilo Art Deco, muito popular nos anos 20 e 30. A ponte, construída pelo engenheiro civil Joseph B. Strauss, foi inaugurada em 1937, após sete anos de obras.

A Golden Gate se diferencia das demais em grande parte por conta de um fator pouco comum no mundo das pontes: sua cor. Seu exótico tom alaranjado, por vezes chamado de “laranja internacional”, foi escolhido justamente para se destacar na paisagem, já que frequentemente a região da Baía de São Francisco fica coberta por névoa.

Enquanto alguns podem não se sentir tão inspirados por pontes suspensas com um design mais industrial, como é o caso da Golden Gate, é inegável que a cidade de São Francisco que conhecemos hoje poderia não ser a mesma sem a presença marcante da Ponte Golden Gate. Muitos, inclusive, consideram a Golden Gate a façanha arquitetônica mais icônica não apenas da cidade de São Francisco, mas também de toda a Costa Oeste americana.

9. Ponte de Alcántara: Alcántara, Espanha

ponte-9

A Ponte de Alcántara, construída entre os anos 104 e 106 d.C., é uma ponte de 6 arcos assimétricos que cruza o rio Tejo. Este belo monumento está localizado no município de Alcántara, na Espanha, bem na divisa com o país vizinho, Portugal. Sem dúvida, esta ponte foi um dos grandes feitos da antiga engenharia romana. Construída a mando do Imperador Trajano e executada pelo arquiteto Caio Julio Lacer, a Ponte de Alcántara ligava o então assentamento romano de Cáceres com a histórica província portuguesa de Beira Alta.

Ao longo de sua extensa e rica história, a ponte sofreu muitos danos, em diferentes ocasiões. Por exemplo, em 1214, os Mouros destruíram um de seus arcos menores. Novamente, em 1760, um outro arco foi demolido pelos próprios espanhóis, com o intuito de evitar uma eminente invasão por parte dos portugueses.

Contudo, diante de todos estes acontecimentos, podemos observar que inúmeros esforços foram necessários para que a antiga Ponte de Alcántara conseguisse resistir ao teste do tempo. Mesmo com quase 2 mil anos desde sua construção, a ponte ainda hoje é transitável e continua sendo o grande destaque do local onde se encontra.

10. Pont des Arts: Paris, França

ponte-11

A Pont des Arts, também conhecida como Ponte dos Cadeados, atravessa o rio Sena e está localizada em Paris, na França. A obra, que foi concluída durante o regime de Napoleão Bonaparte no ano de 1804, liga o Institut de France ao Pátio Central do Museu do Louvre (anteriormente chamado de “Palais des Arts”). A ponte passou por diversas modificações no decorrer de sua história. A ideia inicial de Bonaparte era que criassem uma ponte que se assemelhasse a um jardim suspenso, que fosse adornada com flores e repleta de bancos. Desta forma, os pedestres poderiam se sentar e apreciar a paisagem ao redor.

Por volta do ano de 2008, iniciou-se uma tradição de pendurar cadeados nas laterais da ponte, como uma forma de simbolizar o amor eterno entre casais. Por conta disso, ao longo dos anos, o peso extra destes objetos causou um verdadeiro transtorno para a cidade, já que foi detectado que a estrutura da ponte estava começando a ficar comprometida. Então, em 2015, os cadeados começaram a ser removidos, e a Pont des Arts precisou ficar interditada por um tempo.

No ano de 2017, foi realizado um leilão com os cadeados recolhidos na Pont des Arts. O dinheiro arrecadado foi destinado à ONGs, as quais mantém serviços humanitários com os refugiados que são acolhidos no país.

Hoje em dia não é mais permitido prender cadeados nas laterais da ponte, mas este detalhe não impediu que casais apaixonados continuassem a visitar este icônico ponto turístico. Isto porque, de cima da ponte, é possível apreciar uma vista incrivelmente privilegiada desta romântica cidade, bem como de seus belíssimos monumentos.

11. (Bônus) Bow Bridge: Nova York (Central Park), Estados Unidos

ponte-10

A Bow Bridge é uma ponte de ferro fundido, localizada no Central Park, em Nova York, Estados Unidos. A passarela da ponte é feita de madeira de Ipê sul-americano, que muda sua coloração para um vermelho profundo quando está molhada. Além disso, a Bow Bridge é a maior de todas as pontes do Central Park, medindo 26,51 metros de comprimento.

Esta bela ponte é usada como passarela para pedestres cruzarem o charmoso lago que percorre o Central Park, chamado “The Lake”. As cores do bosque que cerca a Bow Bridge (chamado de “The Ramble”) mudam constantemente sua coloração, dependendo da estação do ano. Durante a primavera, por exemplo, os tons rosados predominam, especialmente por conta das cerejeiras que se encontram próximas à ponte. Por outro lado, no verão, a paisagem ganha um destaque extra, já que diversas gôndolas se deslocam gentilmente sobre o lago, levando os visitantes do Central Park em um agradável e convidativo passeio.

Desde sua construção, em 1862, a Bow Bridge consegue exprimir de forma precisa a distinta aura romântica de Nova York. Além disso, é extremamente apreciada, tanto pelos nova-iorquinos, quanto por turistas, casais, noivos e noivas, cinéfilos e, principalmente fotógrafos. Considerada a jóia da coroa do Central Park e projetada pelos arquitetos Calvert Vaux e Jacob Wrey Mould, a Bow Bridge foi já foi cenário de vários filmes ambientados na Big Apple, como por exemplo Nosso Amor de Ontem (The Way We Were), de 1973, e Tenha Fé (Keeping The Faith), de 2000.

Tagged
Leia mais
Final de ano na Disney

Natal e Ano Novo nos Parques da Disney

Final de ano chegando e muita gente indo passar o Natal e Revéillon em Orlando. Para ajudar nossos clientes a saber onde ir e o que fazer nestas datas tão especiais, veja abaixo  as informações e datas das festividades em todos os parques temáticos da Disney.
Lembrando que a Tia Cris e Mar-Tha Rio tem ingressos para todos os parques e atrações. Fale conosco e tire suas as dúvidas!
Mickeys Very Merry Christmas Party

 

MICKEY’S VERY MERRY CHRISTMAS PARTY

ONDE ENCONTRAR: Magic Kingdom Park
QUANDO: de 8 de novembro a 21 de dezembro
Já é hora de reunir a família e amigos para uma celebração de Natal inesquecível junto com o Mickey! Quando o Mickey comemora a temporada, a emoção dos Visitantes de todas as idades ilumina o Magic Kingdom Park.

O Cinderella Castle brilha. Canções alegres ecoam pelo ar. Os Personagens Disney vestem seus trajes mais festivos. As atrações favoritas entram no clima das festas. E surpresas encantadoras acontecem praticamente por todos os lados!

A festa acontece nas seguintes datas:
– 8, 9, 12, 13, 15, 16, 25, 27, 29 e 30 de novembro
– 2, 4, 6, 7, 9, 11, 13, 14, 16, 18, 20 e 21 de dezembro

ano novo orlando magic kingdom

UMA NOITE DE ANO-NOVO MÁGICA

ONDE ENCONTRAR: Magic Kingdom Park
QUANDO: dias 30 e 31 de dezembro
O Magic Kingdom Park está pronto para receber o ano novo com duas festas com DJ e um espetáculo incrível de fogos de artifício.
Os Visitantes poderão entrar na dança com duas festas com DJ, na Frontierland e na Tomorrowland, das 19h à meia-noite.
A partir das 23h50, o céu do Magic Kingdom Park será iluminado pelo show de fogos de artifício favorito dos fãs, Fantasy in the Sky.

EPCOT INTERNATIONAL FESTIVAL OF THE HOLIDAYS

ONDE ENCONTRAR: Epcot
QUANDO: de 18 de novembro a 30 de dezembro
O Epcot International Festival of the Holidays convida os Visitantes a descobrirem a alegria das festas de fim de ano em todo o Parque, incluindo os 11 pavilhões do World Showcase.
A apresentação Candlelight Processional, uma releitura da tradicional história do Natal, feita por um narrador famoso, e acompanhada por uma orquestra de 50 instrumentos e vários corais, volta de 22 de novembro a 30 de dezembro de 2018.
Outros eventos favoritos retornarão esse ano, como o Chip & Dale’s Christmas Tree Spree Scavenger Hunt, uma caça ao tesouro divertida para toda a família ao redor do World Showcase (é necessária a compra de um mapa para poder participar da atividade).
E para finalizar o dia, os Visitantes poderão assistir à apresentação especial de fim de ano do espetáculo noturno de fogos de artifício, “IllumiNations: Reflections of Earth”.
EPCOT

ANO NOVO AO REDOR DO WORLD SHOWCASE

ONDE ENCONTRAR: Epcot
QUANDO: dia 31 de dezembro
O Epcot receberá o ano novo com uma noite repleta de atividades, de diversões por todas as nações a música ao vivo e shows de fogos de artifício.
Os Visitantes poderão comemorar o ano novo mais de uma vez no Epcot.
Quando o relógio chegar à meia-noite, no pavilhão de cada país, um anúncio festivo e uma apresentação de fogos de artifício iluminará o céu do Parque Temático.
No World Showcase, os Visitantes poderão participar de festas animadas e diversos eventos temáticos em pavilhões de vários países.
Às 23h40, haverá a apresentação do espetáculo de fogos de artifício, IllumiNations: Reflections of Earth, e em seguida, a contagem regressiva para 2019 com uma apresentação especial de Ano-Novo.

JINGLE BELL, JINGLE BAM!

ONDE ENCONTRAR: Disney’s Hollywood Studios
QUANDO: de 6 de novembro a 6 de janeiro
Um espetáculo grandioso como o Papai Noel e repleto de músicas natalinas, fogos de artifício, efeitos especiais e incríveis projeções de última geração.
Todas as noites, de 6 de novembro de 2018 a 6 de janeiro de 2019, o Disney’s Hollywood Studios eleva as alegrias, emoções e a música das festas de fim de ano a um patamar encantadoramente inédito e inspirador!
Os Visitantes podem ver The Chinese Theatre ganhar vida com projeções de última geração de clássicos em animação da Disney, efeitos especiais, fogos de artifício e até um pouco de neve, o Jingle Bell, Jingle BAM! é uma celebração noturna espetacular inesquecível!

SUNSET SEASONS GREETINGS

ONDE ENCONTRAR: Disney’s Hollywood Studios
QUANDO: de 8 de novembro a 6 de janeiro
Ao cair a noite no Disney’s Hollywood Studios, uma cena inesquecível começa a se desenrolar para Visitantes de todas as idades.
De repente, o Hollywood Tower Hotel se transforma magicamente, com projeções fantásticas que dão vida a histórias dos Personagens.
Com novos efeitos de laser e até mesmo “neve”, a experiência também inclui histórias, canções e muita alegria natalina com amigos Disney, como o Mickey, a Minnie e o Olaf.
Os Personagens de Toy Story tentam adivinhar quais brinquedos novos chegarão neste Natal, enquanto a cena é coberta por papel de presente natalino.
Olaf realiza seu pedido de Natal com uma trilha sonora de músicas conhecidas, enquanto a cena se congela em uma maravilhosa terra de inverno de Frozen, com luzes dançantes da Aurora Boreal e projeção de neve caindo.

A TOY STORY LAND TAMBÉM ENTROU NO CLIMA DE NATAL

 

A TOY STORY LAND TAMBÉM ENTROU NO CLIMA DE NATAL

ONDE ENCONTRAR: Toy Story Land no Disney’s Hollywood Studios
QUANDO: agora!
A Toy Story Land já entrou no clima das festas de fim de ano com uma nova decoração festiva.

Além disso, as atrações da mais nova área do Disney’s Hollywood Studios receberam novos sons e músicas típicas de fim de ano.

Os Visitantes podem ouvir sinos do trenó do Papai Noel na atração Slinky Dog Dash, enquanto a atração Alien Swirling Saucers alterna músicas de Natal e uma iluminação especial.

FOR THE FIRST TIME IN FOREVER: A FROZEN SING-ALONG CELEBRATION

ESPECIAL DE FIM DE ANO NO “FOR THE FIRST TIME IN FOREVER: A FROZEN SING-ALONG CELEBRATION”

ONDE ENCONTRAR: Disney’s Hollywood Studios
QUANDO: agora!
Nesta temporada de festas de fim de ano, Visitantes podem receber o Olaf com um abraço caloroso e muita diversão!
Por tempo limitado, Olaf se juntará à Anna, Elsa e ao Kristoff nessa celebração para cantarem todos juntos no Hyperion Theater canções do curta de animação Disney “Olaf’s Frozen Adventure”.
UP! A GREAT BIRD ADVENTURE

ESPECIAL DE FIM DE ANO NO “UP! A GREAT BIRD ADVENTURE”

ONDE ENCONTRAR: Disney’s Animal Kingdom Theme Park
QUANDO: de 8 de novembro a 1 de janeiro
O novo show do Disney’s Animal Kingdom também recebeu um toque festivo neste fim de ano.
A magia da natureza do novo show ao vivo UP! A Great Bird Adventure receberá um toque festivo com a inclusão de Diwali, o Festival das Luzes da Índia.
NATAL NO DISNEY SPRINGS

NATAL NO DISNEY SPRINGS

ONDE ENCONTRAR: Disney Springs
QUANDO: 8 de novembro a 6 de janeiro
Além de comprar os presentes de Natal, Visitantes também já podem entrar no clima natalino com essas atividades especiais no Disney Springs. Disney Springs Christmas Tree Trail. Uma trilha completa com 27 árvores de Natal, tematizadas com os Personagens e filmes favoritos da Disney.
A trilha começa perto da loja Once Upon a Toy no Marketplace e ficará aberta todos os dias, entre 8 de novembro a 6 de janeiro, das 11h à 23h. Papai Noel no Santa’s Chalet. Logo na saída da Christmas Tree Trail, os Visitantes poderão conhecer e tirar uma foto com o Papai Noel!
ANO NOVO NO DISNEY SPRINGS

ANO NOVO NO DISNEY SPRINGS

ONDE ENCONTRAR: Disney Springs
QUANDO: 31 de dezembro
O Disney Springs receberá o ano novo com uma diversidade animada de experiências de entretenimento ao vivo e comidas, bebidas, e eventos especiais.
Apresentações ao vivo gratuitas. Músicos ao vivo e festas com DJ prometem uma noite inesquecível.
Comida, bebidas e eventos especiais. Independente do estilo de comemoração de seu Cliente, existe uma opção tentadora para todos!
Carrinhos de lanches e bebidas espalhados pelo Disney Springs garantem delícias rápidas para os que querem aproveitar a festa.
Vários restaurantes com serviço de mesa terão cardápios especiais na noite de ano-novo
Leia mais
como usar uber fora do brasil

Como funciona o UBER fora do Brasil?

Como usar uber fora do país?

Por que pegar UBER?

Pegar Uber é mais rápido e mais prático do que pegar um taxi, já que o serviço é mais caro e muitos dos motoristas são mal humorados.

Preciso de instalar uma outra versão do aplicativo?
Não, você pode usar o mesmo aplicativo e a mesma conta que já usa no Brasil. 

Como faço os pagamentos?
Pagamentos com dinheiro não funcionam em todas as cidades. Então é importante configurar e testar uma forma de pagamento automático antes da viagem, como o PayPal ou cartão internacional desbloqueado. Cartões nacionais, do Brasil, não funcionam. O valor a ser debitado no cartão será convertido em dólar e depois para real, acrescentado de 6,38%, referente ao IOF.

Preciso dar gorjeta para os motoristas?
Nos EUA é comum dar 1-2 dólares de gorjeta. Em alguns países, como os EUA, o próprio aplicativo tem uma função de gorjeta, porém, não é obrigatório.

Como faço para me comunicar com o motorista?
Normalmente você precisa fazer uma ligação ou enviar um SMS.

Há as mesmas categorias de carros?

Preste atenção na categorias dos carros. Diferentemente do Brasil, em alguns países existem diferentes tipos de veículos como o UberLUX (carros de luxo) e UberSUV (veículos utilitários esportivos).

Há também os aplicativos concorrentes como o Cabify e o Lyft, que também são boas opções. 
Leia mais
topovisto

Como tirar o visto para os Estados Unidos?

Como tirar o visto para os Estados Unidos

Confira o passo a passo

O que é um visto?

Quando um cidadão de outro país quer entrar nos Estados Unidos, precisa primeiro obter um visto especial, que é colocado em seu passaporte.

Apesar de ser muito burocrático, o processo de solicitação da autorização pode ser feito por qualquer pessoa, porém, devido a dificuldade, indicamos sempre o uso de um despachante.

Visto americano: turista

Existem várias modalidades de visto para os Estados Unidos. Para visto de turista, você deve optar sempre pela categoria B1/B2.

Formulário: visto americano

O processo para tirar o visto americano começa pela internet. A primeira etapa consiste no preenchimento do formulário DS-160.

Agendamentos

O próximo passo consiste em agendar as entrevistas e pagar uma taxa. Basta acessar a página do departamento de vistos, criar uma conta de usuário e inserir o número do seu DS-160. Depois, preencha com as suas informações.

A etapa seguinte é o pagamento da taxa de solicitação (MRV). Atualmente, custa US$ 160.

Após o pagamento é necessário agendar a entrevista com a Seção Consular e a visita ao CASV para coletar seus dados biométricos e entregar seus documentos.

Procure o CASV mais próximo de você:

Belo Horizonte CASV
Rua Maranhão, 310 – Loja 1 – Edifício Celta – Santa Efigênia
Belo Horizonte – MG 30150-330

Brasília CASV
Edificio Venâncio 2000 SCS, Quadra 8 Bloco B60 sala 340 – Setor Comercial Sul
Brasília – DF 70333-900

Porto Alegre Centro de Entrega de Documentos (CED)
Av. Assis Brasil, 1712 – Passo d’Areia
Porto Alegre – RS 91010-001

Recife CASV
Avenida Herculano Bandeira, 949 – Comercial Bandeira – Pina
Recife – PE 51110-130

Rio de Janeiro CASV
Rua Humaitá, 275- Loja A – Humaitá
Rio de Janeiro – RJ 22261-001

São Paulo #1 CASV
Avenida José Maria Whitaker, 370- Vila Mariana
São Paulo – SP 04057-000

Documentos necessários para tirar visto americano

  1. Passaporte atual válido por pelo menos seis meses além do período de estadia nos Estados Unidos.
  2. Passaporte contendo o último visto dos Estados Unidos (se aplicável).
  3. Página de confirmação de Formulário DS-160.
  4. Página de confirmação e instruções do agendamento impressa diretamente do site.
  5. Uma foto 5 x 5 cm ou 5 x 7 cm colorida, tirada dentro dos últimos 6 meses e com fundo branco.

A entrevista ainda pode exigir documentos adicionais, portanto, esteja preparado para comprovar:

  1. Propósito da sua viagem
  2. Sua intenção de partir dos Estados Unidos após sua viagem
  3. Sua habilidade de pagar todos os custos de viagem
  4. Evidência de seu emprego, laços familiares, declaração de bens do imposto de renda e/ou propriedade no país podem ser suficientes para demonstrar o propósito de sua viagem e sua intenção de retornar ao Brasil
  5. Caso você não possa pagar todos os custos de sua viagem, você poderá apresentar evidências de que outra pessoa irá custear parte ou todo custo da sua viagem

A decisão quanto à aprovação ou negação da concessão do visto de entrada será baseada na entrevista e nas informações prestadas verbalmente.

Entrevista

Esse é o ponto que deixa as pessoas mais apreensivas. O intuito da entrevista é saber quais suas reais intenções em visitar os Estados Unidos e checar se suas informações são verdadeiras e estão corretas. Confira algumas perguntas mais comuns:

  • Por que quer ir para os Estados Unidos?
  • Quando vai e quanto tempo pretende ficar?
  • Onde vai se hospedar (hotel, casa de família etc.)?
  • Vai sozinho ou com alguém? Se vai acompanhado, qual sua relação com os acompanhantes?
  • Que cidades vai visitar?
  • Quem está pagando a viagem?
  • Onde trabalha?
  • Quanto dinheiro vai levar?
  • Há bens em seu nome?
  • Tem filhos?
  • Se for uma mulher casada viajando sozinha, é possível que se questione sobre seu cônjuge.

Quanto demora o processo?

O tempo da resposta é relativo e depende do ritmo de trabalho da embaixada norte-americana e dos consulados. Por isso, a recomendação é que você só feche seu pacote de viagem e compre as passagens quando tiver a confirmação do visto.

Validade

Os vistos têm a validade de 10 anos e permitem a entrada e saída dos Estados Unidos quantas vezes forem necessárias nesse período, porém, o tempo de permanência em solo americano depende dos agentes de imigração a cada viagem. Para o turismo, normalmente é concedido o prazo máximo de 6 meses.

Entrega do visto

Apesar de existir a opção de entrega em casa, para evitar risco de extravio ou roubo, aconselhamos que busque seu visto diretamente no CASV.

Caso necessite de ajuda, a Mar-Tha Rio Viagens te ajuda a realizar o processo para a retirada do visto. É só entrar em contato!

Leia mais
ingressos na disney

Ingressos na Disney: companhia informa novos preços e prazo de validade

Diferentemente do que acontece em praticamente todos os anos, esse mês a Disney não fez muito alarde sobre o reajuste no valor dos seus ingressos.

Quem acompanha as novidades do mundo encantado de Walt Disney sabe que os ingressos na Disney sempre aumentam no mês de fevereiro.

Tagged
Leia mais
1
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by