Arquivo por Categoria "Bagagem"

planejamento-viagem

Como planejar uma viagem de férias

Se você está buscando dicas práticas sobre como planejar uma viagem de férias, você está no lugar certo! Seja uma viagem nacional ou uma viagem internacional para a Europa, Estados Unidos ou qualquer outro lugar do mundo, planejar uma viagem de férias não precisa se tornar uma fonte de ansiedade constante e sobrecarga. Neste artigo, preparamos 15 dicas bem simples que te ajudarão a não cometer o mesmo erro cometido por viajantes desavisados, bem como a evitar confusões de última hora. Antes de qualquer coisa, procure uma agência de viagens de sua confiança, que conte com profissionais aptos a lhe passar as melhores dicas sobre a melhor época, o melhor voo, os hotéis com o melhor custo-benefício e etc.

A Mar-Tha Rio é a agência de viagens mais premiada do Rio de Janeiro, com pacotes exclusivos e cruzeiros para qualquer perfil de viajante. Proporcionamos experiências fascinantes, levando turistas todos os anos para viagens exóticas, destinos tradicionais, capitais mundiais, parques aquáticos, museus históricos e os principais pontos turísticos que existem no mundo. Se você quer confiança para viajar e uma equipe treinada para oferecer todo o suporte que você precisar, 24 horas por dia, 7 dias por semana, fale com uma de nossas consultoras agora mesmo.

Antes de conferir nossas dicas sobre como planejar uma viagem de férias, baixe aqui nosso checklist de viagem. Ele irá ajudá-lo a não esquecer nenhum item essencial na hora de arrumar as malas para viajar.

Como planejar uma viagem de férias

planejamento
Ao decidir viajar, ter um bom planejamento pode fazer toda a diferença

Muitas pessoas acham que fazendo reserva direto pela internet vão conseguir maiores vantagens. Sem dúvida, este é o maior erro cometido por viajantes inexperientes. Usar o serviço de um profissional fará com que você evite despesas extras, principalmente por conta de pequenos erros que cometemos ao fazer uma reserva online. Leve o que você encontrar na internet ao seu agente de viagens e veja se ele tem algo melhor para lhe oferecer.

É importante saber como planejar uma viagem de férias com uma certa antecedência. Desta forma, você conseguirá melhores preços, melhores acomodações e melhores voos. Sem dúvida, quanto antes você se organizar, maiores serão as vantagens. Inclusive, em casos de viagens em grupo, é preciso garantir sua reserva para não ter o dissabor de encontrar o tour lotado. Agora, vamos às dicas:

1) Acessórios

Você certamente irá querer registrar vários momentos de sua viagem. Por isso, não esqueça de levar sua câmera, assim como carregadores, cartões de memória e adaptadores de tomadas. Além disso, é conveniente levar sempre seu próprio adaptador, pois normalmente nos hotéis existem poucos e você pode acabar não conseguindo arrumar um de última hora.

2) Bagagem

Escolha uma mala de preferência com quatro rodas, o que irá facilitar bastante sua locomoção. Prefira também as mais leves e duras, pois acomodam melhor os seus objetos de uso pessoal. A maioria das companhias aéreas nos trechos internacionais permitem duas malas de 32 quilos por pessoa. Porém, dependendo do trecho ou da companhia aérea, o limite pode ser de apenas uma mala com 20 quilos por pessoa. Procure se informar para não ter que pagar excesso de peso. Leve sempre uma pequena bagagem de mão com uma muda de roupa, escova de dentes e principais medicamentos de uso diário para previnir algum contratempo.

Dica: dependendo do seu destino, leve uma mala mais antiga e troque por uma outra mais moderna por um excelente preço!

3) Celular

Quando você for viajar para fora o país, tenha o cuidado de consultar sua operadora, pois através de parceiros locais, elas podem disponibilizar o serviço de roaming internacional. É preciso contratar este serviço antes de sua viagem e as taxas variam de acordo com a operadora do seu celular.

4) Dinheiro

Dinheiro trocado é bom para os gastos iniciais e também para despesas menores. O cartão de crédito vai lhe custar o pagamento de IOF, assim como os cartões de débito “pré-pago”, os quais podem ser adquiridos em diferentes moedas.

5) Documentos de viagem

Antes de seguir para o aeroporto, verifique se está de posse de toda a documentação necessária, como por exemplo passagem, passaporte (ou identidade para voos internos no Brasil), voucher de hotel e etc. Leve também uma cópia dos seus documentos, tais como passaporte, vistos, vacina e passagem aérea, para usar em caso de necessidade. Para os países do Mercosul é facultado ao brasileiro o uso de carteira de identidade. Entretanto, o documento precisa estar em perfeito estado e com menos de dez anos de emissão.

LEIA MAIS:

Entenda tudo sobre gorjetas no exterior

Dicas para viajar com animais e não ter problemas

Hotéis exóticos pelo mundo

Regras sobre a validade dos passaportes brasileiros

6) Hotel

O que é mais importante: conforto ou localização? A partir do momento em que você atinge o seu conforto pessoal, a localização passa a ser o mais importante. Sem dúvida, é melhor estar em um hotel mais simples em uma boa localização, do que em um hotel de luxo em um lugar de difícil acesso. Você só irá gastar mais dinheiro em sua locomoção.

7) Identificação e extravio de bagagens

Identifique sempre a sua bagagem com etiquetas com nome, endereço e telefones legíveis. Algumas pessoas usam até mesmo fitas coloridas para facilitar a identificação. Não se esqueça de trancar a sua mala, pois esta é uma boa maneira de ajudar a proteger a sua bagagem. Caso se esqueça, você poderá pedir para a companhia aérea colocar um lacre no balcão do check-in. Em caso de extravio de bagagem, o mesmo deverá ser comunicado imediatamente à empresa ainda na área de desembarque. A companhia aérea vai lhe dar um comprovante de atendimento, que é a sua garantia.

8) Internet

Dependendo do local para onde você for, é possível utilizar a internet sem custo, via Wi-Fi. Hoje em dia a maioria dos lugares, como por exemplo restaurantes, shoppings e hotéis possuem este serviço, e para usá-lo, basta solicitar a senha de acesso.

9) Passaporte

Não deixe para a última hora! Quando for comprar sua viagem, procure providenciar também o passaporte ou, se for o caso, renová-lo. Hoje, para a Europa, a validade mínima do passaporte é de três meses. Para a maioria dos lugares,validade mínima é de seis meses. Além disso, para cruzeiros marítimos, por exemplo, o embarque só é permitido com passaportes válidos até seis meses da data de embarque.

10) Remédios

Os de uso contínuo (é bom levar junto a receita médica), o seu colírio, acessórios para lentes de contato, analgésico, antialérgico, digestivo, repelente (caso o destino recomende), filtro solar, um boné e também protetor labial. Em muitos países, medicamentos que adquirimos no Brasil sem receita não são comercializados sem o pedido médico.

11) Telefone

Um outro erro cometido por viajantes é usar o serviço telefônico do hotel onde está hospedado. As taxas costumam ser abusivas. Então, evite usar o telefone do quarto do seu hotel, principalmente para chamadas para o Brasil. Se precisar fazer uma ligação, prefira um cartão pré-pago, que pode ser adquirido em multinacionais de telecomunicação em todo o mundo, normalmente nos aeroportos. Ou então, utilize aplicativos no seu celular que permitam ligações através da internet, como por exemplo WhatsApp, Skype, Messenger, e muitos outros do tipo.

12) Vacinas

Alguns países exigem o certificado de vacina, como por exemplo a de febre amarela. A mesma pode ser tomada em qualquer posto de saúde. Depois, guarde o certificado de vacinação, pois ele será o seu comprovante para solicitar o Certificado Internacional de Vacinação. Inclusive, a vacina contra febre amarela precisa ser tomada até no máximo dez dias antes da viagem. Sua validade é de dez anos. Para mais informações, acesse o site oficial da ANVISA (link).

13) Vestuário

O ideal são sapatos bem confortáveis, nada de sapato novo, e roupas práticas e leves. No verão, leve sempre um casaco mais leve para não ter surpresas. Nunca se sabe! Por outro lado, no inverno, leve roupas térmicas que são leves e se adequam à temperatura local. Se estiver muito frio, leve também um bom casaco e coloque por cima de outras roupas. Não se esqueça que a maioria dos lugares fechados contam com calefação.

14) Viajando com menores

Se for viajar com menores de idade para o exterior, será necessário apresentar, além do passaporte, a carteira de identidade ou certidão de nascimento do menor, já que os passaportes mais novos não trazem filiação. Menores desacompanhados ou acompanhados de parentes necessitam da autorização do juizado de menores com a assinatura dos pais reconhecida em cartório.

15) Vistos

Dependendo do destino, o visto de entrada pode demorar até um mês para ser emitido. Então, é importante ficar muito atento aos prazos. Entretanto, existem empresas de confiança que realizam este tipo de serviço. Procure se informar com o seu agente de viagens.

Como planejar uma viagem de férias
O melhor momento para começar a planejar uma viagem é agora

Agora que você já está por dentro de nossas dicas sobre como planejar uma viagem de férias, você certamente se sentirá mais relaxado e poderá aproveitar sua viagem da melhor forma possível: do seu jeito. Planeje sua viagem e faça acontecer!

Quais são as suas dicas infalíveis sobre como planejar uma viagem de férias? Acompanhe a Mar-Tha Rio nas redes sociais e deixe seu comentário!

Mar-Tha Rio no Facebook

Mar-Tha rio no Instagram

Não deixe de baixar nosso checklist de viagem. Ele irá ajudá-lo a não esquecer nenhum item essencial na hora de arrumar as malas para viajar.

Tagged
Leia mais
mudança de franquia

Mudança na Franquia de Bagagem Despachada da Copa Airlines

Em 1º de Agosto de 2018, a nova franquia de bagagem da Copa Airlines entrará em vigor em voos internacionais: Será cobrada a segunda mala (USD 40) para todos os bilhetes comprados em tarifa Econômica Promo e Econômica Extra entre países da América do Sul, América Central (exclui Panamá) e Caribe, ou seja, para voos entre cidades nas seguintes regiões:

América do Sul – América do Sul
América Central (excluindo o Panamá com origem e/ou destino)
América do Sul – Caribe

Será permitido registrar peças adicionais com sobre dimensão aplicando o valor correspondente.

Para passageiros com stop-over no Panamá, toda a franquia deve ser aplicada a partir do trecho inicial da viagem, ou seja, a validação da estação final do destino.

A cobrança da segunda mala não se aplica a bilhetes comprados nas tarifas da Econômica Flex. Para estes passageiros é permitido transportar 2 malas de 23kg cada.

PERGUNTAS FREQUENTES:

Para quais passageiros a nova franquia se aplica?
– A nova franquia aplica-se aos passageiros que fizeram a compra do seu bilhete a partir de 25 de maio de 2018, com data de viagem a partir de 1 de agosto de 2018.

Quais passageiros continuam com a franquia anterior?
– Os passageiros que já iniciaram sua viagem e até 1 de agosto de 2018, suas reservas são parcialmente utilizadas, estejam elas retornando à sua origem ou continuando com um destino múltiplo.
– Aqueles passageiros com bilhetes comprados a partir de 25 de maio de 2018, mas sua viagem começou antes de 1º de agosto de 2018 e tem segmentos pendentes após 1º de agosto de 2018.
– Os passageiros cujos bilhetes foram comprados antes de 25 de maio de 2018.

A que região pertence Porto Rico?
– Porto Rico pertence ao Caribe 4.

A que região pertence a Guiana?
– A Guiana pertence à América do Sul.
– A partir de 1º de agosto, todos os passageiros com origem ou destino na Guiana aplica-se a cobrança da segunda mala com a única exceção de/para o Panamá (PTY,DAV)

Quais classes pertencem à tarifa de econômica promo?
– As classes que pertencem à econômica promo são: E, L, T, A.

Quais classes pertencem à tarifa econômica extra?
– As classes que pertencem à tarifa econômica extra são: H, Q, K, F, V, U, S, O, W.

Quais classes pertencem à tarifa econômica flex?
– As classes que pertencem à tarifa econômica flex são: Y, B, M.

EXEMPLOS

ex1.
Passageiros viajando com franquias diferentes para IDA e para o RETORNO. Se aplica diferentes franquias.

IDA:     CM255    Y    01AUG    GEOPTY     2 malas até 23kg cada
CM629   Y    01AUG    PTYBOG

RETORNO:     CM154    Q    15AUG    CTGPTY    1 mala até 23kg
CM254    Q    15AUG    PTYGEO

ex2.
Passageiros viajando com diferentes tarifas em cada voo. Se aplica a franquia menos restrita.

IDA:     CM255    Q    01AUG    GEOPTY    2 malas até 23kg cada
CM629     Y    01 AUG    PTYBOG

RETORNO:    CM154    E    15AUG    CTGPTY    1 mala até 23kg
CM254    Q    15AUG    PTYGEO

ex3.
O passageiro recebeu upgrade em um de seus voos. Se aplica a franquia menos restrita

IDA:     CM255    Z    01AUG    GEOPTY    2 malas até 23kg cada
CM629   E    01AUG    PTYBOG

RETORNO:    CM154    E    15AUG    CTGPTY    2 malas até 23kg cada
CM254    E    15AUG    PTYGEO

imgs_11

Tagged
Leia mais
fotoaeroporto

Segundo a Justiça, notebooks e gadgets de uso pessoal não podem mais ser apreendidos em retorno do exterior, mesmo sem nota fiscal

Depois das câmeras fotográficas e Smartphones não entrarem mais na cota dos USD500  quando se retorna do exterior, chegou a vez dos Notebooks e, quem sabe filmadoras e lentes, outros bens de uso pessoal não serem mais apreendidos pela Receita Federal em retornos de viagens ao exterior, mesmo que não haja nota fiscal, segundo declaração da 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Embora não tenhamos, para já, mudanças na lei, houve uma decisão individual em um caso concreto que se aplica somente ao cidadão que entrou na justiça, mas isso pode fazer com que, quem tiver problemas, possa também entrar com processo nos tribunais.

A União argumentou que todo produto sem guia de importação configura dano ao erário, implicando pena de perdimento.O juiz federal Clodomir Sebastião Reis, convocado para tratar do caso, rejeitou o argumento e afirmou que as bagagens de itens novos ou usados podem ser de consumo pessoal ou presentes, desde que a quantidade não aparente fins comerciais. Por isso, entende o juiz, a apreensão de produtos como notebooks, máquinas fotográficas, relógios de pulso ou smartphones não implica na aplicação da pena de perdimento e nem na cobrança de tributo.

Segundo o artigo 155 do Decreto de nº 6.759/2009, “é considerado bagagem os bens novos ou usados que um viajante pode destinar ao seu uso, consumo pessoal ou para presentear, desde que sua quantidade, natureza ou variedade não indiquem que a importação é feita com fins comerciais ou industriais”.

Consta dos autos que a bagagem foi liberada por ser constituída de bens de uso pessoal.  O relator do caso, juiz federal convocado Clodomir Sebastião Reis, esclareceu que a definição de bagagem está prevista no art. 155 do Decreto nº 6.759/2009. “O conceito tributário de bagagem está ligado ao uso ou consumo pessoal do viajante, sem finalidade comercial”, afirmou o relator. 
De acordo com o Termo de Apreensão de Mercadorias, um notebook foi apreendido. “A apreensão de um notebook, que se encaixa como bagagem, mais precisamente como bem de caráter manifestamente pessoal, não implica na aplicação da pena de perdimento, e nem na cobrança de tributo”, finalizou o juiz federal. 
 
O que diz a Lei – De acordo com o art. 155 do Decreto nº 6.759/2009, para fins de aplicação de isenção para bagagens do exterior, é considerado bagagem os bens novos ou usados que um viajante pode destinar ao seu uso, consumo pessoal ou para presentear, desde que sua quantidade, natureza ou variedade não indiquem que a importação é feita com fins comerciais ou industriais. 
 

DECISÃO: TRF1 mantém liberação de bagagem de uso pessoal apreendida pela Receita Federal

A 7ª Turma do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) negou provimento à apelação da União e manteve a sentença que declarou a nulidade de Auto de Infração e de Termo de Apreensão, determinando a liberação de mercadoria apreendida pela Receita Federal.
A decisão do colegiado foi unânime.
 
Processo nº: 0013997-35.2007.4.01.3300/BA
Data da decisão: 05/12/2017
Data da publicação: 26/01/2018
Leia mais
topo-bagagem

Regras de bagagem despachada em voos internacionais

2017 trouxe mudanças significativas para quem costuma viajar de avião. As franquias e regras de bagagem despachada no porão das aeronaves foram alteradas, assim como políticas de cancelamento de bilhetes e responsabilidades no transporte aéreo.

A principal mudança foi a diminuição da franquia de 2 malas de 32 kg, para viagens internacionais na classe econômica, para 1 ou 2 malas de 23 kg. Algumas até cancelaram a franquia, fazendo com que o passageiro tenha que pagar para despachar qualquer bagagem.

Regras de bagagem despachada em viagens internacionais

American Airlines

A American Airlines possui atualmente uma franquia de bagagem de até duas malas de 23 kg com até 158 cm lineares. A bagagem extra é taxada em US$ 150,00 e os excessos de peso são taxados em US$ 100,00.

Avianca

A franquia de viagens internacionais com a Avianca é de 1 bagagem de 23 kg para adultos e 10 kg para bebês, com tamanho linear de até 156 cm, para voos dentro da América Latina. Já os voos para os Estados Unidos dão direito à gratuidade de duas malas de 23 kg.

Nos casos de bagagem excedente, se você comprar com até 6 horas antes do voo, ganha 50% de desconto.

Azul

Nas suas regras de bagagem despachada, a Azul disponibiliza franquia gratuita para voos internacionais para os Estados Unidos e a Europa. São 2 malas de até 23 kg na tarifa Economy. Agora, atenção: Para Montevidéu, Punta Del Este, Caiena e Buenos Aires, a empresa não disponibiliza gratuidade e é preciso comprar o despacho (somente clientes Mais Azul têm direito a uma mala). Os bebês (as crianças de 0 até 2 anos incompletos), não possuem franquia de bagagem, mas é permitido despachar sem custo o carrinho de bebê ou os chamados “bebês conforto”.

United Airlines

A franquia na empresa americana é de 2 malas de 23 kg por passageiro, com tamanho máximo de 157 cm lineares. Caso passe destas dimensões, a taxa fica no valor de US$ 200,00 por bagagem.

Gol

Na Gol, o peso máximo permitido por mala é de 23 kg, com medidas 50 x 28 x 80 cm, sendo todas cobradas. Se quiser despachar uma mala será cobrado o valor de R$35,00, mas esse valor não é fixo, ou seja, quanto mais malas, maior vai ficando o valor, que é cobrado por item.

Latam

A dimensão permitida da mala despachada da Latam de 158 cm lineares e o peso máximo é de 23 kg por mala. Caso passe desse limite, tem que pagar bagagem adicional, que tem limite máximo de 300 cm lineares e 45 kg.

Aerolineas Argentinas

É permitido o despache gratuito de até 1 mala de 23 kg de dimensões máximas somadas 273 cm (ou seja, a soma da largura, altura e comprimento não pode passar deste número) se o destino for na América do Sul ou 2 malas de 32 kg se for para a Europa ou Estados Unidos. Bebês que não ocupam assento têm direito a uma mala de 10 kg. Para bagagem extra ou excesso, as Aerolineas Argentinas oferece 20 % de desconto para compra do serviço online.

Aeromexico

Quem quiser voar para o México com a Aeromexico terá direito a despachar gratuitamente 2 bagagens de até 23 kg cada. Malas extras terão um custo de US$ 160 cada uma.

Copa

Na Copa Airlines, para viagens na América do Sul e Central é gratuito o despacho de até 2 bagagens somando 32 kg de até 158 cm lineares cada. Preste atenção que a SOMA das duas malas deve ter no máximo 32 kg. No caso da Venezuela e México é gratuito o despacho de até 2 bagagens de 23 kg cada. Já os voos para a América do Norte incluem franquia de 2 malas de até 32 kg cada.

Delta

As regras de bagagem despachada da Delta Airlines incluem franquia de 2 malas de até 23 kg cada que, se excederem este número, serão taxadas em U$ 100,00.

Emirates

A companhia aérea árabe dispõe como franquia de bagagem despachada 2 malas de até 23 kg na classe econômica, não excedendo o tamanho de 150 cm lineares.

Air Canada

Viagens internacionais partindo do Brasil pela Air Canada tem direito a até 2 malas despachadas de no máximo de 32 kg. Bebês, crianças de 0 a 2 anos, que não chegam a ocupar um assento no avião, têm franquia de 1 mala de até 32 kg, sendo o excesso cobrado no valor de US$ 70,00.

Air France

A empresa aérea francesa oferece franquia de bagagem despachada de voos internacionais ida e volta com voo iniciado no Brasil de até duas malas de 23 kg, com dimensões máximas de 158 cm lineares. Para as bagagens adicionais e excesso de peso, os valores variam conforme o trajeto. Comprando o excesso on-line a Air France dá desconto de 20%.

Alitalia

Tarifas Light não oferecem franquia de bagagem despachada, mas a tarifa econômica permite 2 malas de até 32 kg, se a viagem iniciar no Brasil. Bagagem extra custa US$ 200,00 e não há opção de excesso de peso, já que a franquia já está dentro do limite máximo permitido em bagagem despachada.

British Airways

Para adultos, a franquia de bagagem despachada é de 2 malas de até 23 kg. Crianças de 2 até 11 anos têm direito à mesma franquia, com o adicional de um carrinho de bebê dobrável e uma cadeira de bebê. Já as crianças menores de dois anos têm direito a uma mala de 23 kg mais um carrinho de bebê dobrável e uma cadeira de bebê.

Air China

A dimensão máxima permitida das bagagens de avião dentro da franquia é de 158 cm lineares. A Air China permite a gratuidade de uma mala de até 23 kg na classe econômica com destino/origem no Brasil. Os bebês tem franquia de 1 bagagem de 23 kg, além de um carrinho ou berço.

Air Europa

Duas malas de 23 kg com no máximo 158 cm lineares, com exceção de quem comprou passagem na tarifa “lite”, que não tem franquia. A bagagem adicional comprada no guichê do aeroporto, caso haja disponibilidade, sai por 150 euros. Se comprar online o valor cai para 100 euros por mala e trecho. Bebês tem direito a uma mala de mão de 10 kg.

Condor

Para aqueles que viajarão para a Europa com esta companhia aérea, a boa notícia é que ele manteve a possibilidades de despachar gratuitamente 2 malas com até 32 kg cada uma.

Ethiopian

Para a classe econômica serão 2 malas de 23 kg (despachadas) e 1 peça de 7kg (de mão). Na Executiva, poderão ser 3 malas de 23 OU 2 malas de 32, com duas peças de 7kg em bagagem de mão.

Iberia

O peso e as dimensões máximas permitidas no despacho são 23 kg e 158 cm lineares. A Iberia oferece franquia de 2 malas na classe econômica para voos saindo do Brasil.

Qantas

A empresa australiana ainda permite que se despache gratuitamente 2 malas de até 23 kg para quem viaja na classe econômica e ainda 7k de bagagem de mão.

Qatar Airways

A Qatar mantém a sua política de bagagem oferecendo uma franquia de duas malas de 32 kg.

Royal Air Maroc

A companhia marroquina permite o despacho de até 2 malas de 32 kg com até 158 cm lineares para voos saindo do Brasil na tarifa econômica.

KLM

Na empresa holandesa, segundo suas regras de bagagem despachada, cada passageiro tem direito a uma franquia de 2 malas de 23 kg com até 158 cm lineares cada. A soma total das dimensões de ambas as malas não poderá exceder 273 cm.

Lufthansa

A empresa alemã oferece franquia de bagagem para a classe Economy de 1 mala com até 23 kg. Já na classe Premium Economy a franquia sobe para 2 malas de 23 kg.

Swiss

São oferecidas 2 malas de 32 kg de até 158 cm lineares grátis. Crianças com menos de 4 anos em todas as classes têm direito a uma mala de 23 kg e a um carrinho de criança dobrável.

Tap

A tarifa econômica da Tap não possui franquia de bagagem. Você terá que pagar por qualquer mala que queira despachar suas malas.

Turkish

Em voos de/para Brasil, o limite de bagagem é 2 peças para todas as classes, e o peso máximo para a classe econômica partindo do Brasil é de 32 kg com dimensão de até 158 cm lineares. Bebês têm direito a 10 kg de bagagem, além de um carrinho de comprimento máximo de 115 cm.

 

Leia mais
1
Olá,
Podemos te ajudar?
Powered by