: Magdeburg Cathedral
: Elbauenpark
: Jahrtausendturm

Sobre Magdeburgo

Magdeburgo, também conhecida como a “Cidade de Otto”, em homenagem ao seu fundador, o imperador Otto I, o Grande (22 novembro 912 – 07 maio 973).

Sendo uma das cidades mais antigas da Alemanha, a primeira referência à cidade aconteceu no ano de 805 e, 150 anos depois, o imperador Otto I, o Grande, fez de Magdeburgo um arcebispado e uma das mais importantes cidades do seu império.

A “Guerra dos 30 anos” – novembro de 1618 a maio de 1648 – provocaria a primeira das grandes destruições sofridas pela cidade, que foi saqueada, queimada e os habitantes massacrados.

Dos 30.000 moradores apenas cinco mil escaparam, sendo os cadáveres atirados ao rio Elba.

Foram precisos muitos anos para que Magdeburgo recuperasse.

Durante a II Grande Guerra, Magdeburgo voltou a sofrer e mais de 40.000 habitantes perderam quase tudo e cidade velha foi praticamente destruída.

Mas, novamente, a força e o espírito do seu povo reconstruíram a cidade.

Um projeto que ainda hoje continua com a reconversão de algumas casas e sítios então completamente destruídos.

Magdeburgo, que tem a catedral gótica mais antiga da Alemanha, foi arcebispado, residência imperial, fortaleza, centro cultural e de pesquisas, passando por inúmeros conflitos e guerras, sempre acompanhados por destruições, continua hoje a acompanhar a modernidade dos tempos, sendo distinguida, entre muitas outras, como a Cidade da Mobilidade.

Em 2004, foi inaugurada a Hundertwasserhaus (Casa de Hundertwsser, também conhecida como a Cidadela Verde, devido à sua cobertura vegetal) desenhada pelo arquitecto Friedensreich Hundertwasser.

Duas personagens, por sinal com o mesmo nome, se destacam no seu vasto historial e que marcam o que Magdeburgo representou, tornou e o que pode continuar a ser: Otto I, o Grande, imperador do Sacro Império Romano desde 962; e Otto von Guericke, burgomestre, político e magdeburgo-museucientista que, perante a corte do imperador Friedrich Wilhelm von Brandenburg fez a célebre experiência dos Hemisférios de Magdeburgo, em 08 de maio de 1654.

Ou seja, extraindo o ar a dois hemisférios unidos por contacto simples, é impossível separá-los.

Outros nomes famosos nasceram na cidade.

Por exemplo, o autor dramático Georg Kaiser, o poeta Erich Weinert, o compositor Georg Telemann, o arquitecto Bruno Taut e Friedrich von Steuben, oficial prussiano que mais tarde foi chefe do estado-maior de George Washington, durante a Guerra de Independência dos EUA.



Principais destinos para pacotes de viagens e excursões para adultos e jovens da terceira idade.

Alemanha, Aachen, Augsburgo, Baden-Baden, Bamberg, Berlim, Breisach am Rhein, Castelo de Neuschwanstein, Cochem, Colônia, Dinkelsbühl, Dresden, Duisburg, Dusseldorf, Erfurt, Floresta Negra, Frankfurt, Friburgo em Brisgóvia, Fussen, Hamburgo, Heidelberg, Kelheim, Kempten, Koblenz, Konigswinter, Krefeld, Lindau, Linz, Magdeburgo, Mainz, Mannheim, Meissen, Miltenberg, Munique, Nuremberg, Palácio Linderhof, Passau, Potsdam, Ratisbona, Rotemburgo, Rudesheim am Rhein, Sankt Goarshausen, Speyer, Wertheim, Wittenberg, Worms e Wurtzburgo